Novo Mercedes-Benz Actros garante redução de até 12% no consumo de diesel

Mercedes-Benz/Divulgação
A nova linha de caminhões extrapesados Mercedes-Benz Actros que acaba chegar ao Brasil, não se destaca apenas pelo design totalmente renovado, mas também pela significativa redução no consumo de combustível, detalhe essencial no transporte rodoviário de cargas, que há cada ano trabalha com margens de lucros cada vez mais estreitas. 

De acordo com a própria montadora alemã, a linha Actros 2020 garantirá aos transportadores brasileiros uma redução de até 12% no consumo de combustível, quando comparada com os atuais modelos comercializados no país. 

“O Actros é um caminhão que foi evoluindo a partir de indicações dos clientes. Com base em sua inteligência e eficiência, como também na soma de todos os seus recursos, o Novo Actros entregará ao cliente redução de 12% no consumo de combustível e menor TCO, que é o custo operacional total ao longo da vida útil do caminhão”, afirma Roberto Leoncini, vice-presidente de Vendas e Marketing Caminhões e Ônibus da Mercedes-Benz do Brasil.

Além de uma redução de 400 kg na tara em relação ao modelo anterior, a significativa redução no consumo de combustível é resultado da combinação de outros quatro importantes fatores. São eles: 

1- Novo câmbio automatizado G291 Powershift 3: Com o objetivo de entregar uma estratégia eletrônica de troca de marchas ainda mais otimizada, o novo Mercedes-Benz Actros passa a contar com o novo câmbio automatizado G291 Powershift 3 de 12 velocidades.

Um dos grandes destaques do novo câmbio é a presença de três modos de condução. O Economy, que trabalha as trocas de marchas em uma faixa de rotações menores, o Standard, que entrega maior produtividade sem perder o foco na economia e o modo Power, que eleva a faixa de rotação garantindo mais força e produtividade, especialmente em situações de ultrapassagem ou em trechos íngremes. 

2- Piloto automático preditivo: Não é novidade para ninguém que a tecnologia é uma grande aliada quando se fala em redução de custos e do consumo de combustível. E no novo Mercedes-Benz Actros não é diferente. Prova disso é o exclusivo PPC (Predictive Powertrain Control), piloto automático preditivo, que otimiza o estilo de condução do motorista. Por GPS, o PPC monitora a aceleração e a frenagem, prevê quando há subidas e descidas, faz trocas de marcha de forma inteligente, entre outras funções, o que ajuda o motorista a dirigir de forma adequada e econômica.

Destaca-se no sistema a capacidade de memorizar as características das principais rotas que o caminhão percorre no dia a dia da operação, como por exemplo, aclives, declives e curvas, entregando a aceleração e frenagem corretas em cada trecho percorrido.

O piloto automático preditivo inova também no quesito segurança. “Esse sistema possibilita que o motorista faça uma viagem longa entre São Paulo e Cuiabá, por exemplo, sem precisar acelerar e frear, apenas controlando o volante”, informa Roberto Leoncini. “Este é um ganho fantástico para o condutor, porque além de maior conforto na direção, o risco de acidente na estrada diminui drasticamente. É como num avião. Ele põe o caminhão no piloto automático e fica no comando das tecnologias. É a relação homem e máquina usada para maximizar toda a eficiência na condução do veículo”.

3- Motor OM 460 aprimorado: O consagrado motor OM 460 também faz da nova linha de caminhões Mercedes-Benz Actros, mas com melhorias. Segundo Hélio Ribeiro, Engenheiro de Produtos e Caminhões da Mercedes-Benz, o motor passa a contar com um novo turbocompressor, que passou por um processo de melhorias de componentes e de performance, afim de elevar a eficiência e confiabilidade no mercado brasileiro.

Além das melhorias, os motores OM 460 passam a contar com novas faixas de potência no mercado brasileiro. Além da versão de 510 cv, a marca passa a oferecer ao mercado brasileiro as versões de 450 cv para veículos 4x2 e de 480 cv para cavalos mecânicos 6x2 ou 6x4.

4- Eficiência aerodinâmica: À primeira vista o novo Mercedes-Benz Actros pode se parecer com o mesmo que é comercializado atualmente no mercado europeu. Entretanto vale destacar que a cabine foi projetada exclusivamente com base nas características das operações brasileiras, priorizando a eficiência aerodinâmica em cada detalhe.

Destaque para os novos defletores frontais que melhoram a dispersão do ar e evitam que as laterais do caminhão fiquem sujas. Além disso, as aletas da grade frontal foram aprimoradas, elevando a capacidade de refrigeração do motor e a dispersão do ar. Tanto o parachoque quanto o teto da cabine também receberam linhas mais modernas com prioridade na aerodinâmica.

Completam a lista de atributos aerodinâmicos as duas novas versões de defletores traseiros, sendo uma destinada a operações no segmento de transporte de grãos e outra destinada a operações no segmento logístico com implementos do tipo baú. A maior versão conta com exatos 730 mm de comprimento, a maior medida do mercado brasileiro.
Lucas Duarte/Portal Caminhões e Carretas
“Com base em sua eficiência e na soma de seus recursos, o Novo Actros entregará ao cliente até 12% de redução no consumo de combustível. Além disso, o Novo Actros tem economia de até R$ 6 mil nos custos de manutenção preventiva e itens de desgaste por ano. Com maiores intervalos de manutenção, lubrificantes de alta performance e novas tecnologias, o Actros terá 50% de redução nas paradas programadas para manutenção e o tempo de revisão será otimizado em até 15%. Outra vantagem é que o Novo Actros está até 400 kg mais leve em comparação com o modelo atual, o que garante mais produtividade ao cliente”, ressalta Leoncini.

LEIA: Mercedes-Benz apresenta nova linha Actros ao mercado brasileiro
LEIA: Mercedes-Benz apresenta aplicativos inéditos para o dia a dia do motorista
LEIA: Novo Actros é o primeiro caminhão no Brasil que freia sozinho para pedestres

TEXTO: Lucas Duarte
Caminhões e Carretas

Postar um comentário

0 Comentários