Estrela das Estradas


Casas Scania

IVECO A gente nao para

IVECO revela próximos lançamentos de produtos, serviços e pontos de atendimento

IVECO/Divulgação

Objetivo é proporcionar rentabilidade para o consumidor alinhado com a estratégia de investimentos em tecnologia ‘verde’

A IVECO vivencia agora uma das melhores fases no Brasil desde a chegada ao país em 1997. Através de uma nova estrutura na América do Sul comandada por Márcio Querichelli, a montadora encerrou o ano de 2020 registrando um crescimento de 30%, enquanto o mercado nacional recuava 11%. Agora, a marca se prepara para ampliar a participação da marca no segmento de transportes por meio do desenvolvimento de produtos e serviços e na ampliação da Rede de Concessionárias, com foco total no cliente.


Para o presidente da IVECO na América do Sul, a montadora avança no planejamento para solidificar o bom momento de forma sustentável. “Reforçamos nossa equipe de ponta com mais de 800 novos colaboradores que mantém a marca nesse movimento contínuo para proporcionar ao mercado produtos alinhados com a linha global da IVECO, por exemplo, no desenvolvimento de modelos movidos a combustíveis alternativos. Isso inclui também o pós-venda e, para isso, nosso esforço continua na ampliação da gama de serviços e dos pontos de atendimento em 100% dos estados brasileiros”, afirma Querichelli. Nos últimos meses, a marca passou a contar com 80 pontos de atendimento de norte a sul do Brasil, com inaugurações em João Pessoa (PB) - Grupo Audax, Araguaína (TO) – Grupo Covezi, Vitória da Conquista (BA) – Grupo Gallotti e em Senador Canedo (GO) - Grupo Covezi, e o ponto assistencial em Santa Maria (RS) – Grupo Mattana.


Ainda segundo o executivo, agora a IVECO parte para novos desafios com a consolidação do Natural Power junto de grandes parceiros. “Temos expertise nesse tipo de tecnologia e, agora, chegou a vez de trilharmos esse caminho, irreversível, rumo à sustentabilidade aliada à rentabilidade da operação do cliente. Com orgulho lançamos o novo programa Brasil Natural Power, que vai desenvolver e adaptar nossa expertise global em combustíveis alternativos para os segmentos e condições brasileiras. Seremos a marca com a melhor e mais completa solução nesta área para nossos clientes.”

Neste ano, a montadora também passa por uma processo de spin-off, colocando-a em um novo rumo a partir do ano que vem. A nova empresa será composta pelas marcas IVECO, IVECO BUS, Iveco Defence Vehicles, Magirus e FPT. “Esse é um passo muito importante para nossa operação na América do Sul, que fortalecerá ainda mais o negócio e, tenho certeza que, junto com nosso time, continuaremos expandindo a participação da marca na região”, conclui Querichelli.

O crescimento expressivo da participação da IVECO no mercado brasileiro é justificado pelo portfólio completo, de 3,5 a mais de 70 toneladas, que atende demandas do transporte de cargas em setores como o e-commerce e o agronegócio. Os produtos das famílias Daily, Tector, Hi-Road e Hi-Way, produzidos no Complexo Industrial da IVECO em Sete Lagoas (MG), proporcionam baixo custo operacional e rentabilidade para motoristas, caminhoneiros e transportadores. Somente no primeiro semestre deste ano, a IVECO registrou crescimento de 71%, se consolidando como a marca full-liner que mais cresce no país, enquanto o mercado registrou alta de 50%.



Na avaliação de Ricardo Barion, diretor Comercial da IVECO, a gama de produtos da marca está alinhada com as necessidades do mercado, mas o trabalho para melhorar o que já está bom é o que move o time. “Alta tecnologia aliada ao baixo custo de operação é nossa receita de sucesso. A estratégia para continuarmos crescendo é a satisfação total do cliente, na venda e no pós-venda. Destaque também para o lançamento do canal de e-commerce de peças da IVECO no Mercado Livre, que trará mais comodidade para o cliente e colocará a marca alinhada à crescente demanda do comércio eletrônico.”

Por meio da IVECO BUS, a montadora também oferece ao transporte de passageiros um portfólio completo nos segmentos de vans, micro-ônibus e chassis de motorização dianteira, que atuam nas aplicações como transporte urbano, intermunicipal, fretamento, turismo e escolar. Um dos principais destaques é o novo Daily Minibus, que carrega a assinatura da premiada linha Daily com robustez, conforto de ônibus e dirigibilidade de automóvel. “Em breve, lançaremos mais um produto que será destaque no mercado pela combinação de durabilidade, conforto, segurança e economia de combustível”, afirma Danilo Fetzner, diretor da IVECO BUS.


Neste ano, mais precisamente na última semana, a IVECO também incrementou o ‘catálogo de soluções’ da marca com mais um importante lançamento: o Tector Auto-Shift Coletor, solução voltada exclusivamente para um dos mercados mais importantes no país, o de coleta urbana de resíduos.



“Esse caminhão foi projetado pelo cliente e para o cliente. Foi ouvindo quem trabalha nesse segmento que desenvolvemos, a partir de um produto que já é vencedor, essa nova versão vocacional. Temos agora o único caminhão do mercado nesta configuração, com câmbio automatizado. Aliás, posso dizer que temos a solução mais rentável do segmento”, diz Bernardo Pereira, diretor de Marketing da IVECO para a América do Sul.

O executivo revela ainda que a partir do próximo ano, a IVECO já começará a atender às normativas PROCONVE 8 com o lançamento do  Novo IVECO Daily EURO VI 3,5 toneladas. O projeto manterá  todos os ganhos da linha Daily atual, recém-lançada, mas que trará melhorias para entregar ainda mais performance e produtividade ao transportador.

O ano de 2021 ainda será marcado pelo lançamento de um novo posicionamento da marca que resumirá bem o atual estágio da montadora no mercado brasileiro. “Vamos mostrar ao mercado que a IVECO não para, e isso não é só uma estratégia de marketing, é o que nos move nessa nova etapa da marca, é a nossa forma de dizer para o cliente que ele pode esperar de nós empenho total para construirmos uma parceria de sucesso. Vamos, de maneira incansável, trabalhar para que nossos clientes possam atingir seu potencial máximo”, finaliza Pereira.


Postar um comentário

0 Comentários