Estrela das Estradas


Casas Scania

IVECO A gente nao para

IVECO BUS apresenta chassi para micro-ônibus mais potente do Brasil

IVECO BUS/Divulgação

Desenvolvido com foco em versatilidade e rentabilidade para o transporte urbano, fretamento e turismo, novo chassi IVECO BUS também se destaca pelo maior torque e PBT da categoria

Presente no maior evento de mobilidade urbana da América Latina, a Lat.Bus 2021, a IVECO BUS revelou nesta semana mais uma grande novidade, o inédito chassi para micro-ônibus 10-190. Quando comparado com os principais concorrentes, o modelo se destaca pelo PBT de 10,5 toneladas, o maior entre todos os chassis de micro-ônibus que, aliado à maior potência e maior torque da categoria (190 cv e 610 Nm). Além de um pacote completo para o transporte de passageiros, que proporciona baixo consumo de combustível, o novo IVECO BUS 10-190 também se destaca pela excepcional versatilidade que permite uma série de implementações para micro-ônibus em aplicações urbanas, fretamento e turismo.

Projetado e desenvolvido no Complexo Industrial da IVECO em Sete Lagoas (MG), o modelo de 10 toneladas conta com capacidade para 36 passageiros, reforçando assim a atenção da marca às novas demandas no segmento. “Trabalhamos para antecipar tendências que atendam às necessidades do setor. O resultado é o nascimento do IVECO BUS 10-190”, destaca Danilo Fetzner, diretor da IVECO BUS.


Para assegurar uma significativa economia de combustível, um dos principais requisitos dos operadores de transporte de passageiros, o novo IVECO BUS 10-190 conta com transmissão de seis velocidades – único no segmento com a sexta marcha – que permite melhor escalonamento e, por consequência, economia de combustível. “Nosso objetivo é proporcionar um chassi que tenha um ótimo custo total de propriedade (TCO) e que ofereça segurança e conforto para motoristas e passageiros”, afirma Roberto Pavan, gerente de Marketing da IVECO BUS.


Já os 190 cavalos de potência da motorização possibilitam a realização de operações com um equipamento de ar condicionado ligado sem comprometer a performance do veículo. Enquanto o torque máximo disponível, na faixa entre 1.350 a 2.100 rpm, possibilita ao motorista adequar a velocidade do veículo aumentando ou reduzindo a aceleração, sem a necessidade de troca de marchas e, consequentemente, reduzindo o consumo de combustível.


O inédito chassi IVECO BUS também conta com itens de série que valorizam o bem-estar a bordo e a praticidade para quem cuida ou dirige o veículo. Destaque para predisposição para instalação de ar condicionado; posição do motorista desenvolvida com foco na ergonomia; painel de instrumentos de fácil leitura e interpretação; itens de inspeção diária, como nível do óleo, localizados na parte frontal para facilitar a verificação e a manutenção.

Para o diretor da IVECO BUS, o 10-190 chega com força na disputa por um segmento que deve ser beneficiado pelo retorno das atividades sociais, na medida em que a questão sanitária, por conta da pandemia de Covid-19, vai se resolvendo. "Nós enxergamos dois movimentos opostos no mercado. Enquanto o transporte coletivo quase parou, o mercado de fretamento se fortaleceu. Estamos atentos a isso e o cliente pode ter a certeza de que não mediremos esforços para aumentar nossa capacidade operacional. Nosso objetivo é ampliar nossa participação de mercado de forma sustentável e duradoura”, completa Fetzner.

IVECO BUS/Divulgação

Postar um comentário

0 Comentários