Scania apresenta cabine S ao mercado brasileiro

Contrariando todas as expectativas e especulações, a Scania apresentou na última semana a inédita cabine S ao mercado brasileiro. A novidade foi relevada durante o evento de pré-lançamento da nova geração de caminhões no Brasil. 


A novidade que tem piso completamente plano (inédito na linha Scania no Brasil) e máximo espaço interior (207 cm de altura interna), será, naturalmente, a escolha para os clientes com as mais altas exigências de conforto, prestígio e produtividade. 
“O espaço interior é magnífico. Para entrar nela serão quatro degraus, ao contrário dos três tradicionais. Não há como negar que a nossa nova cabine S ofusca tudo o que fizemos antes em termos de conforto, armazenamento interno, espaço, ergonomia e visibilidade. Ela se tornará um objeto de desejo, sem dúvida", revela Celso Mendonça, gerente de Pré-Vendas da Scania no Brasil.
Segundo a Scania, além de ser totalmente nova,  a cabine foi projetada com foco no motorista o que garante aos clientes que à escolherem um espaço interior ainda mais generoso do que antes. Trata-se de um acréscimo de duas polegadas de comprimento, e também um aumento geral na altura do teto. 
“O novo teto padrão é 10 centímetros maior do que o atual”, diz. “E mesmo os modelos de teto superiores são um pouco mais espaçosos do que antes. Estamos falando de uma diferença de altura de 16 centímetros, que será apreciada particularmente por aqueles que passam mais tempo na cabine.”, completa Mendonça.
Outro grande destaque da série S é a presença de um acabamento premium, e de uma flexibilidade praticamente ilimitada, com opções de dois refrigeradores, centenas de litros de espaço de armazenamento e até o telefone (no formato fone de ouvido e microfone ajustável próximo da boca). Destaque ainda para o porta-objetos lateral externo com abertura de 410 x 570 mm; e que pode ser acessado também de dentro da cabine.
A generosidade de espaço presente na cabine S possibilita ainda opções de cama, em particular, especialmente numerosas. A cama inferior, bem como uma possível cama superior, podem ser especificadas em uma grande variedade de modelos e medidas, com base em exigências de conforto. 
"Na cabina S, é possível comportar duas camas de 80 cm (das quais a menor pode ser estendida para 100 cm) com colchões de densidade maior, por exemplo, para veículos de longa distância que utilizem dois motoristas se revesando", diz. "Os dois motoristas vão dormir com o mesmo o conforto. As espaçosas cabinas S estão equipadas com isolamento acústico extra e em cada detalhe existem soluções cuidadosamente projetadas para uma boa noite de sono. Além disso, com o piso plano, é muito mais fácil de se movimentar dentro da cabina S”, salienta Mendonça.
Outro grande destaque nas cabines S é a presença de um moderno sistema de entretenimento que conta com opções de telas de 5 ou 7 polegadas, comandos no volante, entradas para AUX e USB, quatro alto-falantes como padrão, com a opção de adicionar um alto-falante central e um subwoofer e ainda preparação para a instalação de televisão, por exemplo, diretamente da fábrica.
No quesito segurança as novas cabines S também não deixam a desejar e podem ser equipadas com airbags laterais anticapotamento, que são integradas no teto da cabine, uma técnica que nunca havia sido usada antes em caminhões. Junto com o uso do cinto de segurança, a “cortina” de airbags é uma característica crucial na prevenção de um dos tipos mais comuns de acidentes, com consequências graves envolvendo caminhões: O motorista ser atingido dentro da cabine por partes interiores ou ser preso por baixo dela.
Ainda segundo a Scania, a inédita cabine S estará disponível para pedidos assim como toda a nova geração de caminhões a partir de 29 de outubro, data oficial de lançamento na América Latina. Já as primeiras entregas serão feitas a partir de fevereiro de 2019.

LEIA: Conheça a Jornada Scania
LEIA: Scania apresenta motor de 540 cv e 6 cilindros em linha

TEXTO: Lucas Duarte
Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário