Nova geração de caminhões Scania chega ao Brasil

Nesta quinta-feira (2) a Scania colocou fim a um grande mistério que vinha circulando pelas redes sociais ao longo das últimas semanas: "mas por que Mårten está na América Latina?". No evento de pré-lançamento, a montadora sueca apresentou ao Brasil a nova geração de caminhões. 
Diferentemente do que se viu nos últimos dois anos no mercado europeu, no Brasil toda a gama será lançada ao mesmo tempo. Além do design expressivo com características robustas e futurísticas, destaca-se a chegada da inédita série S que traz piso 100% plano e também o aumento de 3 para 4 opções de motores com até 11 potências diferentes. 
“Não é só produto que chega para revolucionar o mercado nacional, mas a forma de vender a nova geração será muito diferente a partir de agora pela rede Scania”, destaca Silvio Munhoz, diretor comercial da Scania no Brasil. 
Tendo como foco principal o motorista, as novas cabines foram desenvolvidas com a Porsche Engineering e trazem a Porsche Engineering. Segundo a montadora, nenhuma peça da cabine da atual gama P, G e R, foi reaproveitada na nova linha. Destaca-se a realocação posicionamento do condutor, o novo painel rebaixado, o reposicionamento do motor que garantiu um baixo centro de gravidade e o adiantamento do eixo dianteiro em 50 mm que garantiu uma maior capacidade de frenagem.
“Da linha atual P, G e R, passaremos de 7 opções para 19 tipos de combinações variantes das novas cabines R, S, P, G e XT. É um avanço muito grande para o cliente aumentar a redução de custos na operação”, diz Munhoz. A cabine S é uma das principais novidades para o Brasil, pois traz o piso plano como maior vantagem, que melhora o deslocamento interno do motorista, propiciando mais conforto. “O desafio é criar um mix de cabines que pode oferecer as soluções e funcionalidades corretas para todas as aplicações e demandas”, completa.
A chegada da nova geração de caminhões Scania vem acompanhada ainda da estreia mundial do novo motor de 540 cavalos e o Brasil já o primeiro país a contar com a novidade. Além disso, mais cinco potências de motores chegam ao país, são elas: 220, 280, 320, 410 e 500 cavalos. 
Outra novidade é a chegada do motor de 7 litros para o segmento semipesado, para oferecer mais opções ao cliente desta importante faixa do mercado. Com isso a Scania passa a oferecer ao mercado brasileiro 4 opções de motores e 11 potências diferentes, ficando assim:  Motores de 8 litros (220 cv, 250 cv e 280 cv), motores de 9 litros (280 cv, 320 cv e 360 cv), motores de 13 litros (410 cv, 450 cv, 500 cv, 540 cv) e por fim o consagrado motor V8 de 16 litros (620 cv). 
No campo da sustentabilidade, o lançamento chega com cinco novos motores, movidos a GNV/Biometano (280 cv, 340 cv e 410 cv) e bioetanol (280 cv e 400 cv). 
Vale destacar ainda a presença de 14 configurações de tração e rodas, anteriormente eram 7 e ainda 26 opções de entre eixos, o que abre uma ampla possibilidade para a produção e comercialização de veículos desenvolvidos especificamente para cada tipo e condição de operação. 
A nova geração de caminhões Scania não impressiona apenas pela quantidade de novidades, mas também pelos quesitos economia e rentabilidade proporcionada nas operações de transporte. Segundo a montadora, ao combinar a aerodinâmica dos novos veículos (2%) com as novidades de motorização (8%) e com as inovações do Scania Opticruise (2%), chega-se a uma economia de até 12% no consumo de diesel em relação aos modelos anteriores. "O lançamento será a solução mais competitiva na relação custo por km rodado, quando comparado preço de aquisição versus o que o conjunto entrega em termos de aumento de rentabilidade e disponibilidade", relevou a montadora. 
E para garantir o sucesso da nova geração de caminhões junto a todos os atuais clientes da marca e aos futuros compradores está a rede de concessionárias e as equipes de vendas passarão por intenso treinamento que vai mudar radicalmente o dia a dia. 
“A partir da Nova Geração o vendedor passa a ser praticamente um consultor de negócios. A equipe de vendas terá uma ferramenta que vai escolher a melhor solução de transporte para a necessidade real do cliente. A especificação será baseada na aplicação ideal. Ou seja, o caminhão passará a ser apenas mais um item”, conta Munhoz. Serão possíveis, no mínimo, montar 500 alternativas de tipos de caminhões. A ferramenta vai escolher a solução completa para o cliente ter em troca o melhor em todos os sentidos, cabine, eixos, trações, implemento, serviços e alternativa financeira, seja pelo Scania Banco ou pelo Consórcio Scania. É mais uma revolução que se inicia no Brasil.
Segundo a Scania, o nova geração de caminhões intitulada de "A verdadeira ‘Máquina dos Sonhos’ " começará a ser vendida a partir da última semana de outubro. Já o faturamento dos pedidos, ou seja, a entrega está prevista para começar a partir de fevereiro de 2019. 
TEXTO: Lucas Duarte
Caminhões e Carretas 
Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

1 comentários:

  1. Só máquina top, mas acho que podia voltar os bicudos também..

    ResponderExcluir