Fretebras Superior

Volkswagen e-Delivery será exportado para outros países

VWCO/Divulgação

Primeiros exemplares da linha desembarcarão nos países latino-americanos no primeiro trimestre de 2022

Atenta ao grande potencial da eletrificação das operações de transporte na América Latina, a Volkswagen Caminhões e Ônibus acaba de confirmar a exportação do primeiro caminhão 100% elétrico desenvolvido e produzido no continente, o VW Delivery. 

De acordo com o cronograma oficial da marca, já no primeiro trimestre de 2022, os primeiros exemplares da linha desembarcarão nos países latino-americanos para o início de uma série de atividades em parceria com os importadores da marca. As ações serão fundamentais para preparar sua chegada comercial aos países da região. Além disso, Todas as unidades são exportadas da fábrica de Resende, no Rio de Janeiro.

“Vamos enviar unidades do VW e-Delivery para outros países para que estabeleçam um programa de desenvolvimento no mesmo formato do que fizemos no Brasil, com eventos e testes nos países, para que se familiarizem com a tecnologia e seus resultados operacionais, que são muito superiores”, explica Roberto Cortes, presidente e CEO da Volkswagen Caminhões e Ônibus.


Para garantir a máxima disponibilidade operacional em diferentes regiões do continente, o VW e-Delivery já havia circulado em outros países latino-americanos antes mesmo do lançamento oficial realizado em julho deste ano. Segundo a marca, os exemplares passaram por uma série de calibrações e soluções para garantir o melhor desempenho em diversos climas, altitudes e condições de topografia. 

No Brasil, os caminhões Volkswagen e-Delivery já apresentam sinais de sucesso no mercado. Prova disso, é o lote inicial de 200 unidades totalmente comercializado em menos de um mês. 



Postar um comentário

0 Comentários