Facchini

Randon New R

Preço do diesel volta a subir com retomada da cobrança de impostos federais

Mão de homem segurando bico de bomba de combustível vermelho para abastecer caminhão
Bing AI

R$ 0,35 de PIS/Cofins voltaram a ser cobrados sobre cada litro do óleo diesel vendido nas bombas de todo o país no dia 1º de janeiro; preço médio do tipo comum está em R$ 5,97 e tipo S-10 em R$ 6,15

Google News
Dados mais recentes do Índice de Preços Edenred Ticket Log (IPTL), revelam que ao contrário do que foi previsto pelo Ministro da Fazenda, Fernando Haddad, o preço do óleo diesel voltou a subir nas bombas de todo o Brasil com retomada da cobrança do PIS/Cofins. 


LEIA TAMBÉM

O levantamento indica que no dia 26 de dezembro, quando a Petrobras reduziu o preço nas refinarias, o tipo comum estava sendo comercializado em média por R$ 5,96. Já no dia 3 de janeiro, o combustível foi encontrado a uma média de R$ 5,97, ou seja, uma alta de 0,17%. Já o litro do diesel S-10 foi encontrado a R$ 6,15 no dia 3 de janeiro nos postos de abastecimento do país, com um aumento médio de 0,99%, em relação ao dia 26 de dezembro. 


Apesar da redução para o diesel anunciada no dia 26 de dezembro, o ajuste de PIS/Cofins sobre o combustível, válido desde o dia 1º de janeiro, resultou em aumento no valor repassado aos motoristas”, destaca Douglas Pina, Diretor-Geral de Mobilidade da Edenred Brasil.

Entretanto, ainda segundo Pina, no comparativo com o consolidado de dezembro, quando o tipo comum fechou a R$ 6,02 e o S-10 a R$ 6,18, o cenário ainda é de redução média de 1% para o comum e de 0,5% para o S-10. 



NOTÍCIA ANTERIOR PRÓXIMA NOTÍCIA