Scania comprova segurança de caminhões movidos a gás em teste de colisão

Scania/Divulgação

Vídeo divulgado pela montadora revela detalhes e execução de um teste de colisão lateral nos cilindros de GNV

Google News
Desde o lançamento, os caminhões Scania movidos a gás são alvo de inúmeras dúvidas e questionamentos em relação a segurança da tecnologia, especialmente em situações de colisão lateral, mesmo contando com sistema anti explosão, três válvulas de segurança e presença de tecnologia militar no revestimento dos cilindros.



Com o objetivo de esclarecer as principais dúvidas, acabar com mitos e inverdades sobre a tecnologia e comprovar a segurança dos caminhões movidos a gás, a Scania revelou neste mês, imagens e detalhes do processo de testes dos exemplares em uma situação de colisão lateral. No vídeo divulgado pela montadora sueca, um caminhão equipado com cilindros com capacidade para 80 litros cada, é submetido a um forte impacto lateral que simula o impacto de um veículo de passeio. 

Nós posicionamos o trator de reboque carregado pesado na pista de teste. Em seguida, usamos um cabo de aço para puxar a barreira deformável, representando um carro de passeio, direto para a instalação do tanque de gás montado na lateral, simulando uma colisão lateral”, explica Dan Loftén, engenheiro especialista em P&D da Scania.


De acordo com a marca, a realização constante de testes faz parte da busca por níveis de segurança cada vez e mais altos e que vão além das exigências legais, contando inclusive com requisitos internos baseados em estatísticas de acidentes e estudos aprofundados.

Ainda segundo a montadora sueca, após a realização de cada teste de colisão, os resultados são minunciosamente analisados, incluindo até mesmo a desmontagem dos caminhões e componentes. 

E então a análise. Usamos dados de medições durante o teste e também analisamos os vídeos de alta velocidade para ter uma visão detalhada do evento”, completa Loftén.


Postar um comentário

0 Comentários