Scania vende 350 caminhões off-road em um único mês

Scania/Divulgação
Referência nacional e mundial na produção e comercialização de soluções para o segmento off-road, especialmente para os setores de mineração e construção pesada, a Scania segue registrando números expressivos de vendas, mesmo durante o período desafiador imposto pela pandemia de Covid-19.

Somente no mês de agosto, a montadora foi responsável pela comercialização de 350 caminhões off-road no Brasil, número recorde que coloca o período em uma posição de destaque em relação aos últimos 30 meses.

“Apesar da pandemia, o ano de 2020 manteve o segmento da mineração estável, aquecido e propiciando grandes negócios para a Scania. Já as grandes construções vêm sendo retomadas gradativamente pelas iniciativas pública e privada”, conta Silvio Munhoz, diretor de Vendas de Soluções da Scania no Brasil. “Agosto foi o melhor para nós numa mensuração dos 30 últimos meses de vendas de produtos da gama off-road, com mais de 350 unidades comercializadas. Portanto, seguimos confiantes no potencial desses dois mercados para os próximos anos.”

Essa não é a primeira vez que a Scania registra números expressivos na venda de caminhões off-road no Brasil. Somente em 2019 a marca comercializou 1.314 caminhões off-road em todo o país, o triplo registrado em 2018.


Lançamento
Scania/Divulgação
Diante dos números positivos, a montadora sueca segue investimento no segmento. Prova disso é a apresentação do inédito Scania G 540 10x4/6 XT Heavy Tipper.

Com a promessa de reduzir significativamente os custos operacionais e maximizar a produtividade, o novo gigante da mineração conta com com bogie traseiro (capacidade nominal de 36 t) e três eixos direcionais (11 t cada um), totalizando 69 toneladas de PBT (Peso Bruto Total), inigualável capacidade máxima de tração (CMT) de até 210 toneladas e capacidade de carga líquida de até 55 toneladas.

Além dos números operacionais expressivos, o modelo também se destaca pela extensa lista de atributos que garantem a máxima robustez e segurança no dia a dia. 



Scania XT
L.Duarte
Com o objetivo de atender o segmento fora de estrada, especialmente nos setores da construção civil, mineração, madeireiro e canavieiro, a nova geração de caminhões Scania chegou ao Brasil trazendo como um dos principais destaques o pacote XT. A novidade garante os modelos da nova geração, robustez e durabilidade necessárias para operações em condições extremas.

Atualmente o pacote XT está disponível para todas as opções de cabine das linhas P, G e R e é compatível com as 4 opções de motores (7, 9, 13 e 16 litros), e 11 potências (220, 250, 280 (7 litros), 280 (9 litros), 320, 360, 410, 450, 500, 540 e 620 cv).

A linha XT se destaca ainda pelo acabamento externo e interno de alta durabilidade e resistência e pela presença de importantes itens de segurança e tecnologia, como por exemplo, opções de eixos e suspensões de molas ou pneumáticas para condições extremas, pedal de embreagem para a caixa automatizada Scania Opticruise (quando necessário), dois estágios de bloqueio de diferencial, freio de estacionamento elétrico e airbag de cortina.


Soluções de conectividade e gestão para a mineração
Para garantir uma alta produtividade aliada a um baixo custo operacional, a Scania oferece aos clientes do segmento de mineração um portfólio completo de soluções que vão além da tradicional venda de caminhões.

Destaque para Scania Site Optimization, solução que engloba uma série de serviços oferecidos pela montadora sueca e que prioriza uma redução significativa do custo por tonelada, um dos principais KPI's da mineração atualmente.

Realidade na mineração brasileira, o Scania Site Optimization tem entregado aos clientes uma série de benefícios, como por exemplo, 15% de redução do custo por tonelada, aumento da disponibilidade da frota, aumento de até 1 ano da durabilidade dos caminhões e em alguns casos redução da necessidade de grandes frotas.


L.Duarte
TEXTO: Lucas Duarte

Postar um comentário

0 Comentários