Scania G 540 10x4/6 XT: Conheça em detalhes o novo gigante da mineração brasileira

Scania/Divulgação
Na contramão dos impactos provocados pela pandemia de Covid-19 (Coronavírus), o segmento de mineração no Brasil segue aquecido, impulsionado principalmente pelas operações de descomissionamento e movimentação de barragens. 

“Apesar da pandemia, o ano de 2020 manteve o segmento da mineração estável, aquecido e propiciando grandes negócios para a Scania. Já as grandes construções vêm sendo retomadas gradativamente pelas iniciativas pública e privada”, conta Silvio Munhoz, diretor de Vendas de Soluções da Scania no Brasil. “Agosto foi o melhor para nós numa mensuração dos 30 últimos meses de vendas de produtos da gama off-road, com mais de 350 unidades comercializadas. Portanto, seguimos confiantes no potencial desses dois mercados para os próximos anos.”

Atenta a crescente demanda por equipamentos cada vez maiores e mais econômicos para atendimento deste segmento, a Scania apresenta ao mercado brasileiro a inédita versão G 540 10x4/6 XT Heavy Tipper.

“A Scania investe globalmente há muitos anos no desenvolvimento de caminhões fora de estrada. Eles já nascem com DNA 100% vocacionais para o off-road. Por não serem adaptados tornam a operação do cliente mais eficiente”, explica Munhoz. “A linha vocacional off-road XT estreou com a Nova Geração, em 2018. Seu amplo portfólio é sucesso absoluto na redução do custo operacional do cliente. Chegou a hora de lançar o produto de maior capacidade de carga do mercado e que traz a melhor solução na comparação com a linha amarela.”

Além da expressiva capacidade carga, próxima à tradicional linha amarela, o novo gigante da mineração chega ao Brasil com a missão de reduzir significativamente as Opex (despesas operacionais) e Capex (despesas de capital), proporcionando um custo total de operação (TCO) mais competitivo e consequentemente maior versatilidade e produtividade.

Trem de força
Para atender com eficácia todas as demandas operacionais, o novo Scania G 540 10x4/6 XT Heavy Tipper conta com motorização, com tecnologia XPI de injeção de combustível em alta pressão, 540 cavalos de potência e 2.700 Nm de torque.

O modelo também conta com câmbio Opticruise 100% automatizado de 14 velocidades e modo Off-Road, que ao ser acionado garante rotações mais amplas ao propulsor Scania. Destaca-se ainda a presença da caixa de marchas versão GRSO935R, mais resistente, e lay shaft brake, tecnologia que garante trocas mais rápidas, seguras e suaves.

Capacidade de carga
Scania/Divulgação
Um dos principais pontos de destaque do novo gigante Scania é a capacidade de carga. Equipado com bogie traseiro (capacidade nominal de 36 t) e três eixos direcionais (11 t cada um), totalizando 69 toneladas de PBT (Peso Bruto Total), eixo cardan que suporta maior torque para melhor partida em rampa, maior robustez do diferencial e do redutor de cubo com relação final 7.63, o novo Scania Heavy Tipper conta com a inigualável capacidade máxima de tração (CMT) de até 210 toneladas e capacidade de carga líquida de até 55 toneladas.

“Os concorrentes oferecem no máximo 35 toneladas de carga e 50 t de PBT. A Scania está inovando o mercado mais uma vez e vai superar as expectativas dos clientes”, salienta Fabricio Vieira, gerente de Soluções Off-Road da Scania no Brasil. “Ainda em comparação aos 8x4 competidores, o Scania 10x4 possibilita até 15% de redução no custo por tonelada, pois são necessários menos veículos para movimentar a mesma carga.”


Robustez
Característica marcante da consagrada linha XT, a robustez também está presente em todos os detalhes novo off-road Scania. Destaque para a presença do eixo traseiro com diferencial duplo, para-choque em aço com ângulo de ataque de 29º, proteção nos faróis, espelhos retrovisores reforçados e pino de reboque frontal com capacidade de 40 t.

Além disso, a Scania é a única que dispõe de itens customizados para o fora de estrada, como limpador de para-brisa na posição vertical, indicadores de torque dos parafusos das rodas, degrau articulado e preparação para o inclinômetro e para a estrutura física e elétrica do implemento. 

Segurança
Scania/Divulgação
Para garantir a máxima segurança operacional, o novo Scania Heavy Tipper conta com o consagrado freio Scania Retarder, equipado com desacoplamento do rotor do trem de força,  tecnologia que economiza combustível, e torque de 4.100 Nm, aumentando significativamente a performance da frenagem, principalmente em baixas velocidades, além de diminuir os custos de manutenção, pois reduz o desgaste do freio de serviço, das lonas e tambores, especialmente, em descidas íngremes e muito acidentadas.

O novo gigante off-road também conta com controle de tração, hill-hold, sistema auxiliar de partidas em rampas, responsável por impedir o recuo do veículo no momento da arrancada em locais íngremes.

A Scania ainda oferece como opcionais, airbag no volante, airbag lateral de cortina (contra tombamento) e sistema de bafômetro, que só libera a partida após confirmar que o condutor não ingeriu bebidas alcoólicas nas últimas horas.

Conforto
O novo Scania G 540 10x4/6 XT Heavy Tipper também traz todos os atributos de conforto e ergonomia da nova geração de caminhões da marca.

Concebida a partir do posto do condutor para atender a todos os seus anseios, a cabine da nova geração se destaca principalmente pela ampla área envidraçada, característica que reduz o número de pontos cegos, melhora ainda mais a visibilidade e a segurança na condução.

Preço
Segundo a Scania, o inédito Scania G 540 10x4/6 XT Heavy Tipper já está disponível para aquisição em todo o país, com preços a partir de R$ 950 mil e entregas previstas para começarem em abril de 2021. Ainda segundo a montadora sueca, 35 intenções de compra já estão em andamento.

Scania/Divulgação
TEXTO: Lucas Duarte
Caminhões e Carretas

Postar um comentário

2 Comentários

Nunca publique suas informações pessoais, como por exemplo, números de telefone, endereço, currículo etc. Propagandas, desrespeito ou ofensas não serão toleradas nos comentários.