Ministro da Infraestrutura participa de grupos de caminhoneiros e os destaca como melhores fiscais de rodovias

DNIT/Divulgação
Nesta semana, Ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, voltou a destacar a importância dos caminhoneiros e do diálogo constante com a categoria ao longo dos trabalhos desenvolvidos pela pasta. A declaração foi dada em resposta a uma publicação nas redes sociais. 

"Um caminhoneiro me disse “esse aqui é o Zap do Ministro Tarcísio” Eu: “Mentira... deve ser de algum assessor..” “É dele sim Deputada... e está nos nossos grupos”. Fiz contato, ele me atendeu!!!", relatou a Deputada Federal, Alê Silva em uma publicação destacando o trabalho contínuo que vem sendo realizado pelo ministro em meio a pandemia e a instabilidade no cenário político.

Em resposta a deputada mineira, Freitas escreveu: "São mais de 40 grupos de caminhoneiros. Importante para passar um senso de urgência e de realidade. E são os melhores fiscais de rodovias que eu posso ter."


Mas o contato constante com o transporte rodoviário de cargas, especialmente com os caminhoneiros, não se resume apenas aos grupos de aplicativos de troca de mensagens. Destaca-se a retomada do Fórum Permanente para o Transporte Rodoviário de Cargas (Fórum TRC), criação do programa Minuto do Caminhoneiro, durante o programa A Voz do Brasil, inclusão de caminhoneiros na prioridade de vacinação contra a gripe (Influenza) e o acompanhamento in loco dos desafios enfrentados pelos profissionais diariamente, como por exemplo, por meio de viagens de caminhão.

LEIA: Ministro da Infraestrutura viaja de caminhão para conhecer de perto os desafios da BR-163
LEIA: Governo Federal retoma diálogo com representantes do transporte de cargas
LEIA: Ministro da Infraestrutura classifica caminhoneiros como verdadeiros soldados e heróis

Além destas ações, o ministro é um dos grandes responsáveis por estabelecer o diálogo entre os caminhoneiros e o setor produtivo, na busca por uma solução em relação a Política Nacional de Pisos Mínimos do Transporte Rodoviário de Cargas (PNPM-TRC), conhecida popularmente como tabela de fretes.

Outro trabalho de grande destaque é a prioridade dada a criação de Pontos de Parada e Descanso (PPD). Além do estabelecimento de regras para homologação e condições mínimas de segurança e higiene, os locais passaram a fazer parte dos novos programas de concessão rodoviária no país.

LEIA: Governo Federal estabelece regras e requisitos para pontos de parada e descanso de caminhoneiros
LEIA: Governo Federal define regras para regulamentação de pontos de parada e descanso
LEIA: 8 estados passam a contar com Pontos de Parada e Descanso credenciados para caminhoneiros

Atualmente, além de minimizar os impactos da pandemia de COVID-19 (Coronavírus) no transporte brasileiro, o Freitas se concentra no Plano Pró-Brasil, proposta que tem como principal objetivo, gerar empregos e recuperar a infraestrutura brasileira.

Confira na íntegra a publicação:
TEXTO: Lucas Duarte
Caminhões e Carretas

Postar um comentário

0 Comentários