Contran adia pela segunda vez as novas regras para a sinalização traseira de veículos longos

O Conselho Nacional de Trânsito (Contran) publicou no dia 28 de dezembro, a Resolução nº 768, que prorroga os efeitos da Resolução nº 702, responsável por alterar a Resolução nº 520, de 29 de janeiro de 2015 e atualizar os requisitos técnicos dos materiais retrorrefletivos das placas de sinalização dos veículos.
Com a publicação da Resolução nº 768, as novas regras estabelecidas para a sinalização traseira de veículos longos serão exigidas somente a partir de 1º de janeiro de 2020. Anteriormente, as regras estavam previstas para entrar em vigor na última terça-feira, 1º de janeiro de 2018.
As mudanças anunciadas em outubro de 2017 geraram uma grande insatisfação dos transportadores e entidades do setor, como por exemplo o SETCESP e o Sindipesa (Sindicato Nacional das Empresas de Transporte e Movimentação de Cargas Pesadas e Excepcionais). 
Preocupadas com mais um custo para o setor, as entidades sindicais do setor se mobilizaram e requereram ao Contran a suspensão desta exigência para que se possa fazer uma melhor análise da sua real necessidade.
De acordo com as entidades o segundo adiamento das exigências é uma boa notícia, principalmente porque o setor passa atualmente por um momento de recuperação econômica. 

LEIA: Contran estabelece novas regras para a sinalização traseira de veículos longos

Confira na íntegra a Resolução nº 768: CLIQUE AQUI


Obtenha sua Autorização Especial de Trânsito (AET), mais conhecida como Licença Federal:
Conheça agora mesmo o Rei da Estrada, uma empresa com 10 anos de experiência na prestação de serviços de regularização e documentação no transporte rodoviário de cargas. Entre em contato agora mesmo a Rei da Estrada e obtenha sua Autorização Especial de Trânsito (AET) de maneira ágil, correta e com baixo custo: 
Acesse e saiba mais: https://www.reidaestrada.com
Entre em contato: (69) 9 9934-0129 ou (69) 3321-5345 ou (69) 3322-3239

TEXTO: Lucas Duarte
Caminhões e Carretas 
Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

2 comentários:

  1. As grandes empresas continuarão utilizando o produto novo. O adesivo antigo dificulta fiscalização e é muito inferior. quem se preocupa com a qualidade do produto não esperará até 2020.

    ResponderExcluir
  2. Aqui em Votuporanga seguiremos com o modelo novo que possui identificação de homologação e é melhor.

    ResponderExcluir