Governo autoriza reajuste de pedágio em meio a protestos de caminhoneiros

27 de fevereiro de 2015 Category : , 0

A ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres) autorizou nesta sexta-feira (27) a concessionária Rodovia do Aço S.A. a reajustar a tarifa de pedágio na BR-393, estrada que liga o Rio de Janeiro a Minas Gerais. O aval para o aumento está publicado no DOU (Diário Oficial da União) de hoje.
A tarifa para automóveis, que era de R$ 4,50, subirá para R$ 5 nas praças localizadas nas cidades de Paraíba (RJ), Sapucaia (RJ), em Barra do Piraí (RJ). O reajuste foi de 11,11%. A nova tarifa passa a vigorar a partir de 5 de março.
Os caminhões de dois eixos, ônibus e furgões passarão a pagar R$ 10 nas praças de pedágio. Os automóveis e caminhonetes com reboque passam a pagar R$ 7,50. Os maiores preços, porém, ficam com os caminhoneiros que conduzem carretas. 
Os caminhões de seis eixos vão passar a pagar R$ 30 de pedágio. Em resumo, cada eixo custa R$ 5 nas praças de pedágio.
O reajuste ocorre em um momento turbulento para a malha rodoviária brasileira, já que uma série de protestos provoca interrupções em estradas federais de cinco Estados do País. A situação é mais grave no Sul do País.
FONTE: R7 

Fretes praticados pelo mercado têm 14,1% de defasagem

Category : 0

Estudo elaborado pela NTC&Logística (Associação Nacional do Transporte de Cargas e Logística) aponta que os fretes praticados por empresas têm uma defasagem de 14,1% com relação aos custos efetivos da atividade. 
Conforme a entidade, a diferença decorre, principalmente, da inflação sobre insumos do setor, além de perdas que vêm se acumulando ao longo dos últimos anos. 
O levantamento foi apresentado em reunião do Conet (Conselho Nacional de Estudos em Transporte, Custos, Tarifas e Mercado), realizado no dia 26 de fevereiro, em Salvador (BA).
“Nós recomendamos que as empresas renegociem os valores, porque, do contrário, a atividade fica impraticável”, explica o coordenador do Decope (Departamento de Estudos Técnicos e Econômicos) da entidade, Neuto Gonçalves. Ele explica que o levantamento é feito por meio de um comparativo entre os valores cobrados por aproximadamente 250 empresas e a tabela de custos elaborada pela própria entidade. 

Arrancada de Caminhões: Dia de abertura oficial e escolha da Rainha dos Caminhoneiros

Category : , 0

Acontece nesta sexta-feira a abertura oficial da 25ª Arrancada de Caminhões de Balneário Arroio do Silva. A solenidade com a presença de autoridades será realizada a partir das 20h30min e contará, com uma homenagem especial a Luiz Carlos Verdieri, ex-secretário de turismo e um dos idealizadores da Arrancada de Caminhões. Em seguida, será feita a escolha da Rainha dos Caminhoneiros.
O desfile, com a presença de dez belas candidatas, acontecerá às 21h30min, no palco central. A primeira noite do evento ainda contará um show de Marília Dutra.
A Arrancada de Caminhões é realizada no parque da arrancada, no lado norte do município. O evento é aberto ao público.
Show de velocidade e adrenalina - A competição à beira-mar será realizada no sábado e domingo. Pilotos de vários estados do país devem comparecer e participar do evento que é considerado também como uma confraternização dos caminhoneiros. As provas acontecem durante todo o dia e tem R$ 67 mil de premiação.

GREVE: Protesto de caminhoneiros interdita via Dutra em SP

Category : , 0

Um grupo de caminhoneiros bloqueou totalmente a pista no sentido Rio de Janeiro da rodovia Presidente Dutra por volta das 15h30 desta sexta-feira (27). A interdição ocorre no km 228, na cidade de Guarulhos, na Grande São Paulo. A via soma pelo menos 3 km de lentidão.
O ato integra os protestos que caminhoneiros têm realizado em todo o País contra o aumento do preço do diesel, a cobrança de pedágio por eixo suspenso dos caminhões, que está em vigor desde 2013, e o aumento no valor do frete.
A concessionária que administra a via Dutra informou que a estrada foi totalmente liberada por volta das 17h. No entanto, ainda há lentidão do Km 228 ou km 231.
Com o bloqueio da via Dutra em São Paulo, agora são seis Estados do País com interdições nas rodovias federais, conforme balanço da PRF (Polícia Rodoviária Federal). O último levantamento da PRF indicava cinco Estados com 59 interdições nas estradas federais: Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, Mato Grosso e Ceará.
FONTE: R7 

Caminhoneiros acusam coação do governo federal

Category : , 0

Em um dos dias mais intensos desde o início das manifestações há duas semanas, caminhoneiros desafiaram a Justiça e mesmo com liminares que estipulam multas de R$ 5 mil a R$ 10 mil por hora em caso de bloqueio de rodovias, eles fecharam vários pontos de estradas em todo o Estado durante todo o dia. Em Cascavel, pela segunda vez, o Trevo Cataratas foi fechado e o dia foi tenso. Policiais da Força Nacional foram deslocados, ficaram de prontidão, mas não precisaram agir.
Os manifestantes fecharam a BR-277, nas proximidades do Trevo, ainda pela manhã. No início da tarde, policiais da Força Nacional chegaram ao local, houve um acordo e eles deixaram a rodovia. Menos de uma hora depois os caminhoneiros voltaram a interditar com a queima de pneus. A Força Nacional que havia se deslocado para desobstruir a BR-369, em Corbélia, retornou para Cascavel, ficou de prontidão porque os ânimos estavam exaltados, mas não houve necessidade de intervir. Os manifestantes despejaram parte de um carregamento de soja sobre a rodovia.
Os caminhoneiros dizem que não vão parar as manifestações. Um motorista de Cascavel que se identificou apenas como Claudemir disse que para dar proteção aos cidadãos o governo não tem polícia, mas na hora de inibir um protesto o policiamento está à disposição. “Porque ela [a presidente Dilma Rousseff] não manda a polícia cuidar de nós quando paramos para dormir em um posto?”, indaga o motorista.