Arrancada de Caminhões ainda não está garantida

21 de novembro de 2014 Category : , 0

A tradicional arrancada de caminhões de Balneário Arroio do Silva pode não ser realizada em 2015. A informação é do prefeito Evandro Scaini. Segundo ele, a cidade já reservou uma data para o evento e já garantiu as licenças ambientais, mas agora vai discutir com a comunidade a realização do evento ou seu sepultamento definitivo. "Edição passada tivemos aquela fatalidade com a morte de um piloto e em função disso se criou muitos boatos. Agora vamos conversar com a comunidade para debater o assunto".
O maior evento do gênero no mundo, que já foi realizado em 24 edições, será discutido com a comunidade local e a sociedade civil organizada. A intenção é ouvir a opinião da comunidade e discutir as possíveis ações ou mudanças. “Os órgãos competentes, envolvidos na realização da Arrancada, estarão presentes na audiência pública. O objetivo é ouvir o parecer das autoridades e a opinião da população”, ressaltou o prefeito Evandro Scaini.
A reunião trará como pauta a melhoria das condições de segurança do público e dos participantes, bem como a melhoria da estrutura, na perspectiva de definir estratégias para o possível aperfeiçoamento do evento.
FONTE: Difusora 910 

Eficiência questionada

Category : , 0

A utilização de aparelhos rastreadores nos caminhões é uma exigência da grande maioria das transportadoras, principalmente para os carreteiros autônomos. Sem o equipamento é mais difícil de conseguir bons fretes, admitem os estradeiros. Nas frotas das grandes empresas esse item já faz parte do kit de acessórios obrigatórios para a segurança do veículo e do motorista.
Mesmo assim, há quem reclame da vigilância constante sobre a vida pessoal do motorista, enquanto a preocupação maior deveria ser em relação ao caminhão e à carga transportada. O rastreador custa caro e a mensalidade do serviço algumas vezes é paga pelo embarcador. As críticas também se estendem para os sinais fracos em determinadas rotas, os quais acabam gerando problemas para o motorista, com o bloqueio do veículo em razão das dificuldades de comunicação.
Para o carreteiro autônomo Marlon Brandt, 33 anos de idade e 10 de profissão, natural de Iraí/RS e dono de um caminhão ano 1994, o uso do rastreador é indispensável para trabalhar como agregado da Kraft Cargo, uma transportadora argentina. O equipamento é dele, a transportadora paga as mensalidades do serviço para a operadora. Segundo ele, sem o rastreador não se consegue trabalhar em boas empresas ou conseguir cargas mais lucrativas.

Librelato reúne time de profissionais no Seminário Cenários 2015

Category : , , 0

Diretores, gestores, colaboradores e representantes comerciais da Librelato S.A. Implementos Rodoviários lotaram o auditório da ACIC – Associação Empresarial de Criciúma ontem, 19 de novembro, para participarem do Seminário Cenários 2015.
O evento, organizado pela Librelato, acontece todos os anos com o principal objetivo de mostrar os cenários econômico e estratégico da área de implementos rodoviários do ano seguinte. O CEO da Librelato José Carlos Sprícigo citou a importância das empresas terem informações de profissionais capacitados. “Todos estes profissionais que vieram aqui hoje, vieram com a missão de somar. O Seminário Cenários é sempre um evento muito esperado por nós, profissionais da Librelato, pois nos mostra as expectativas e desafios para o próximo ano. Neste momento nos munimos de informações para fazer de 2015 um excelente ano”, afirma o CEO.
O diretor administrativo financeiro, Renato Pieri, explicou a dinâmica do evento para os convidados e, logo em seguida, iniciaram as palestras. “Conhecer as projeções de futuro é fundamental para o sucesso de qualquer carreira ou empresa. A Librelato sai a frente ao realizar, anualmente, o Seminário Cenários onde especialistas de áreas distintas fazem as projeções de mercado para o próximo ano”, analisa Pieri.

Transportadoras enfrentam dificuldade em encontrar mão de obra para novos caminhões

20 de novembro de 2014 Category : 0

A maior parte dos produtos transportados em território brasileiro se desloca por rodovias por meio de caminhões que cruzam todo o país. Contudo, empresários do setor de transportes passam por uma crise em relação a mão de obra qualificada para conduzir veículos extra pesados. Segundo estimativas de transportadoras, atualmente há 100 mil vagas abertas no mercado de trabalho e uma das grandes dificuldades é encontrar motoristas familiarizados com a tecnologia dos novos veículos. 
Atentas à isso, algumas montadoras oferecem cursos individuais, para que os profissionais que lidarão com seus produtos estejam aptos à usar todos os recursos oferecidos pelo caminhão. Os mais modernos, como o Hi-Way da Iveco, são dotados de diversos aparatos que deixam o transporte mais seguro, como o freio auxiliar Intarder, que, combinado ao freio motor, chega a quase 1.000 cavalos de potência de frenagem. Como adicional, esse item gera mais segurança no sistema antitravamento das rodas, além de vários outros equipamentos, que visam a segurança. 

Itabaiana conquista título de ‘Capital Nacional do Caminhão’

Category : 0

A presidente da República, Dilma Rousseff sancionou a Lei de número 13.044 que concede ao município de Itabaiana o título de ‘Capital Nacional do Caminhão’. A lei entrou em vigor nesta quinta-feira (20) após a publicação no Diário Oficial da União. A lei visa valorizar simultaneamente, o caminhoneiro, o caminhão e a cidade de Itabaiana.
O projeto de lei que confere ao município de Itabaiana, o título de ‘Capital Nacional do Caminhão’ é de autoria do senador Eduardo Amorim (PSC) e foi feito no dia 19 de janeiro deste ano.
Na justificativa, o senador argumentou sobre a posição estratégica sobre o transporte de cargas para a região do Nordeste. Segundo Amorim, Itabaiana já se consagrou popularmente como a capital nacional do caminhão, e possui o maior percentual deste transporte por pessoa do país.
"São cinco 5 mil emplacados, além de mais de 4 mil caminhões que foram registrados em outros estados, totalizando aproximadamente 10 mil caminhões, na cidade que conta com 100mil habitantes", informou Amorim.