Scania vende mais de 600 caminhões pesados 100% elétricos em pouco mais de seis meses

Scania/Divulgação

Destinados ao atendimento das operações regionais, caminhões Scania 45 R e S contam com motor elétrico de 560 cv e autonomia para até 500 km

Google News
Antes mesmo de serem produzidos, os novos caminhões pesados Scania 100% elétricos já estão se posicionando como um verdadeiro sucesso no mercado europeu. Prova disso são os 640 exemplares vendidos em pouco mais de seis meses, desde o lançamento em junho deste ano.


Sabemos que, com nossa ampla gama de veículos eletrificados, podemos oferecer soluções sustentáveis ​​de emissão zero para nossos clientes. O número de pedidos é um sinal de que o mercado está mais do que pronto para adotar a eletrificação”, diz Fredrik Allard, chefe de eletrificação da Scania.

Batizados de Scania 45 R ou S e destinados ao atendimento das operações regionais, os modelos conta com um motor elétrico de 410 kw (560 cv), 624 kw de baterias, quantidade que assegura uma autonomia de até 500 km com uma única recarga, e duas versões, cavalo mecânico com tração 4x2 ou chassi rígido com tração 6x2/4*, além de opções de cabines leito R ou S.

A quantidade de caminhões elétricos encomendados neste segmento até o momento supera nossas expectativas. Vemos que existem cerca de 140 clientes vários clientes diferentes que começaram a transitar sua frota para elétricos, de toda a Europa e até do México. Alguns encomendaram mais de 40 veículos elétricos cada”, continua Allard.


Dentre os negócios expressivos realizados nos últimos meses, destaca-se a encomenda de 30 caminhões elétricos realizada pela empresa de transporte italiana Gruber Logistics. 

A Scania analisou minuciosamente nossas operações de transporte. Eles ofereceram uma solução completa, incluindo carregamento, que atende perfeitamente às nossas necessidades. Esses caminhões regionais são apenas o começo, mas estamos extremamente entusiasmados em abraçar esse caminho com a Scania para a eletrificação de nossas operações”, diz Andrea Condotta, gerente de relações públicas e inovação da Gruber Logistics.

Segundo a Scania, a produção dos caminhões pesados 100% elétricos começará no quarto trimestre de 2023.


Postar um comentário

0 Comentários