MP da renovação da frota de caminhões: sua empresa precisa mesmo ter essa dor de cabeça?

Alexandre Vitor Andrade
Google News 
A Câmara dos Deputados aprovou recentemente uma Medida Provisória (MP) que dará incentivos para a renovação da frota de caminhões. O projeto ainda não tem data para entrar em vigor, já que ainda precisa ser aprovado pelo Senado e depois sancionado pelo presidente Jair Bolsonaro.

A medida tem como objetivo tirar das ruas e estradas brasileiras veículos que não estão em boas condições, incentivando seus proprietários a trocá-los. Mas ainda não há detalhes práticos do seu funcionamento.
 
Não há dúvidas do benefício que o Programa de Aumento da Produtividade da Frota Rodoviária (Renovar) terá ao País. Mas será que a sua empresa precisa mesmo ter todo esse trabalho na hora de renovar a frota?
 

As organizações que utilizam uma transportadora digital não têm dores de cabeça com a troca e manutenção dos caminhões.

Neste modelo de contratação de frete os processos são realizados sem a participação de agenciadores ou intermediários. E o resultado principal é uma queda nos custos de 15 a 30%, isso sem dizer de ganhos na efetividade e na qualidade do nível dos fretes realizados.
 
E em tempos onde os custos com a produção, armazenagem e distribuição só aumentam, a economia em qualquer processo da cadeia é sinônimo de competitividade e melhores preços de venda.
 

A redução é possível por conta da utilização de tecnologias disruptivas como blockchain, business intelligence, internet das coisas, inteligência artificial e machine learning. Ao serem empregadas em conjunto, é possível conquistar uma gestão integrada e preditiva dos fretes.
 
A eficiência na gestão começa com a utilização de um aplicativo exclusivo que facilita o contato com a empresa e até mesmo o próprio motorista. Nenhuma mensagem é perdida, o que ajuda a melhorar o fluxo de comunicação e encurtar o tempo de resposta.
 
Na prática, a empresa escolhida poderá disponibilizar um sistema que possibilita a interpretação dos dados que levará a um pensamento estratégico inédito até então.


Será o início da adoção de novos modelos de negócios e processos inovadores. O que, no final do dia, tornará o gerenciamento de cargas mais ágil.

O uso inteligente dessas tecnologias centraliza os fretes contratados. Isso ajuda a planejar e gerenciar as cargas com mais eficiência. O sistema mostra as informações de cada frete em um só lugar.
 
A facilidade na administração dos processos também se dá na contratação do frete: basta solicitá-lo pela plataforma tecnológica. A negociação é eletrônica e conta com um ecossistema formado por milhares de motoristas.
 

Chega de se preocupar com o recrutamento, seleção e verificação dos parceiros. Uma transportadora digital é capaz de cruzar os dados pessoais com bancos de dados que verificam diversos pontos importantes como antecedentes criminais e a situação financeira. Mais um ponto para minimizar possíveis ocorrências com a carga.
 
Torne os processos ligados à gestão de fretes mais inteligentes. Acredite na tecnologia e deixe a dor de cabeça ligada a veículos próprios para trás.
 
ARTIGO: Escrito por Jarlon Nogueira, CEO da AgregaLog -- transportadora digital que oferece soluções inovadoras de logística de transporte para a indústria

Postar um comentário

0 Comentários