Scania suspende vendas de caminhões e peças para a Rússia

Scania/Divulgação

Além da suspensão da comercialização de caminhões e peças, decisão também interrompe a prestação de serviços de pós-venda

Google News
Atenta ao avanço da Rússia sobre a Ucrânia, bem como às inúmeras sansões econômicas impostas especialmente pela União Europeia (UE), a Scania também anunciou nesta semana a interrupção imediata de todos os negócios em solo russo. A informação é confirmada pela assessoria de imprensa da montadora sueca.

"As relações com os clientes são importantes para a Scania, mas os valores da Scania são mais importantes nesse sentido", disse Erik Bratthall, gerente corporativo de relações públicas e de mídia da Scania.


Segundo a montadora sueca, a interrupção dos negócios com Rússia vem ocorrendo desde a última semana e incluem a suspensão do envio de caminhões e peças, bem como a prestação de serviços de pós-venda em todo o país. 

Daimler Trucks e Volvo Trucks deixam à Rússia
A guerra entre Rússia e Ucrânia segue afetando e mudando radicalmente o mercado europeu de caminhões. Além da Scania, a Daimler Trucks e a Volvo Trucks também anunciaram nesta semana o encerramento das atividades comerciais e industriais em solo Russo.



Postar um comentário

0 Comentários