Fretebras Superior

MAN Truck & Bus suspende vendas de caminhões e peças para Rússia e Bielorrússia

MAN Truck & Bus/Divulgação

Decisão é baseada nos valores do Grupo TRATON e reflete posição contrária a decisão russa; suspensão das atividades ocorre por tempo indeterminado

Google News
Diante do avanço da Rússia sobre a Ucrânia, bem como das inúmeras sansões econômicas impostas especialmente pela União Europeia (UE), a MAN Truck & Bus também anunciou nesta semana, a suspensão imediata de todas as atividades em solo russo e bielorusso.

Confirmada por meio de um comunicado oficial do Grupo TRATON, a decisão afeta diretamente a comercialização de caminhões e a prestação de serviços de pós-venda, como por exemplo, a comercialização de peças. 

"Isso foi feito após uma avaliação geral da situação. Tendo em conta as sanções atuais, a MAN Truck & Bus suspendeu a entrega de caminhões e componentes pós-venda para a Rússia e a Bielorrússia até novo aviso", afirma o grupo.


Em nota, o Grupo TRATON também destaca os pontos que contribuíram para a decisão. "Os valores de democracia, livre comércio e direitos humanos do GRUPO TRATON nos orientam a ser uma empresa responsável. O respeito pelo indivíduo nunca é compatível com o recurso à violência. É por isso que condenamos categoricamente a invasão da Ucrânia pela Rússia. O GRUPO TRATON está muito preocupado e profundamente consternado com o ataque russo à Ucrânia. Nossa empresa espera uma rápida cessação das hostilidades e um retorno à diplomacia. Em todas as atividades no local, a segurança e integridade dos funcionários é nossa principal prioridade.", destaca.

Além da suspensão das atividades econômicas na Rússia e na Bielorrússia, o Grupo TRATON também afirmou que o Grupo Volkswagen e suas marcas doaram 1 milhão euros para o alemão Uno Flüchtlingshilfe eV, com sede em Bonn. Os recursos serão empregados em ações de apoio ao povo da Ucrânia e aos refugiados ucranianos.


Outras marcas deixam a Rússia
A guerra entre Rússia e Ucrânia segue afetando e mudando radicalmente o mercado europeu de caminhões. Além da MAN Truck & Bus, a Scania, a Daimler Trucks e a Volvo Trucks também anunciaram nesta semana o encerramento das atividades comerciais e industriais em solo Russo.



Postar um comentário

0 Comentários