IVECO A gente nao para

Caminhoneiros protestam em rodovias federais de 4 estados nesta quarta-feira

Alefer Oliveira/Instagram

Manifestações de caminhoneiros em 11 rodovias federais que cortam quatro estados brasileiros são confirmadas pelo Ministério da Infraestrutura e pela PRF

Por meio das redes sociais, o Ministério da Infraestrutura confirmou na tarde desta quarta-feira, 8 de setembro, uma série de protestos de caminhoneiros em rodovias federais que cortam quatro estados brasileiros.

"O MInfra, com base em informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), informa que, às 14h30 de hoje (8), são registrados pontos de concentração em rodovias federais com abordagem a veículos de cargas em 4 estados, com a maior parte concentrada em Santa Catarina", destaca o comunicado da pasta.

Além do estado catarinense, a PRF também confirma paralisações da categoria na Bahia, Espirito Santo e no Paraná. Nos pontos de paralisação os manifestantes impedem apenas a circulação de veículos de carga, com exceção daqueles empregados no transporte de alimentos perecíveis, animais e medicamentos. 

De acordo com o MInfra, equipes da PRF já atuam nos pontos de manifestações para garantir o fluxo livre ainda nesta quarta-feira. "A PRF está em todos os locais identificados e trabalha para garantir o livre fluxo. A previsão é de que as mobilizações acabem até a 0h de amanhã (9). Não há coordenação de qualquer entidade setorial do transporte rodoviário de cargas.", afirma. "Ao todo, já foram debeladas 56 ocorrências com tentativas de bloqueio total ou parcial de rodovias nas últimas horas", completa o comunicado.

Ainda segundo a pasta, as reinvindicações das manifestações não se limitam apenas as questões relacionadas ao transporte rodoviário de cargas. "A composição das mobilizações não se limita a demandas ligadas à categoria.", conclui. 


Confira a relação de pontos de manifestações

Bahia
De acordo com as equipes da PRF na Bahia, protestos de caminhoneiros estão sendo registrados em dois pontos na BR-242 nesta quarta-feira, sendo, na saída de Luís Eduardo Magalhães, em direção a Barreiras; e na saída de Barreiras rumo a Salvador.

Espirito Santo
Às 15h40 desta quarta-feira (8), a PRF informou ao menos 10 pontos de paralisação de caminhoneiros em quatro rodovias federais que cortam o Espirito Santo, sendo: 

BR-101 km 137 (Linhares)
BR-101 km 204 (João Neiva)
BR-101 km 306 (Viana)  
BR-101 km 414 (Itapemirim) 
BR-262 km 17 (Viana) 
BR-262 km 157 (Ibatiba)
BR-447 km 12 (Capuaba e Vila Velha) 
BR-482 km 75 (Alegre) 
BR-482 km 104 (Guaçuí)

Paraná 
Também na tarde hoje, mais precisamente às 15h24, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou os seguintes pontos de paralisação no estado do Paraná: 

BR-277 km 7 (Paranguá)
BR-476 km 195 (Lapa)
BR-376 km 188 (Maringá)
BR-376 km 109 (Paranavaí)

Santa Catarina
Já em Santa Catarina, estado em que concentra o maior número de manifestações e paralisações, a PRF informou às 15h37 os seguintes pontos de bloqueio de caminhões: 

BR-101 km 10 (Garuva)
BR-101 km 25 (Joinville)
BR-101 km 72 (Araquari)
BR-101 km 117 (Itajaí)
BR-101 Km 352 (Jaguaruna)
BR-101 km 375 (Içara)
BR-101 km 403 (Araranguá)
BR-101 km 451 (São João do Sul)
BR-280 km 1,4 (São F. do Sul)
BR-280 km 11 (São F. do Sul)
BR-280 km 55 (Guaramirim)
BR-280 km 121 (São Bento do Sul)
BR-280 km 230 (Canoinhas)
BR-116 km 07 (Mafra)
BR-116 km 138 Santa (Cecília) 
BR-470 km 4 (Navegantes)

Confira na íntegra o comunicado do MInfra: CLIQUE AQUI


Postar um comentário

0 Comentários