Caminhoneiros poderão receber valor do frete antecipadamente pela CAIXA

Adobe Stock

Novidade que promete eliminar o uso da carta frete e reduzir a presença de intermediários no pagamento, faz parte do Programa Gigantes do Asfalto

Inúmeros atravessadores, pagamentos ilegais via carta frete, centenas de descontos e prazos superiores a 30 dias para conclusão de pagamentos, são exemplos dos inúmeros desafios enfrentados pelos caminhoneiros autônomos na hora de receber o valor do frete. 

Com o objetivo de acabar com todos esses "vilões", o Governo Federal anunciou na última semana um amplo pacote de benefícios para a categoria, batizado de "Gigantes do Asfalto". Dentre as novidades da iniciativa, destaca-se uma importante parceria com a CAIXA Econômica Federal, que além de ampliar a oferta de crédito para a categoria, também revolucionará o recebimento dos valores de frete.


Para isso, a instituição financeira promete apresentar até o final do mês de junho, a linha de crédito GiroCAIXA Fácil Caminhoneiro, uma modalidade de antecipação de recebíveis de frete, que interligará de maneira simples e ágil os transportadores/embarcadores aos caminhoneiros autônomos, agilizando assim os pagamentos, eliminando de vez a carta frete e também reduzindo a atuação de intermediários/atravessadores no momento da quitação dos recebimentos.


Segundo a CAIXA Econômica Federal, a adesão ao limite de crédito pelo transportador/embarcador será simplificada e o pagamento antecipado será feito diretamente e sem custos ao caminhoneiro.

"O primeiro grande ponto aqui é que os caminhoneiros tenham um recebível. Eles efetivamente vão receber o valor do frete. Mas hoje, até essa medida, esse recebimento do frete era difuso, ou seja, existia uma carta frete, que eles não poderiam utilizar para tomar o crédito", explicou Pedro Guimarães, Presidente da CAIXA. "Então nós estamos lançando certamente o maior programa de crédito para essa parte de caminhoneiros, e nós vamos utilizar exatamente esse recebível, fazendo o link entre os transportadoras e os caminhoneiros", completou.

Ainda segundo Guimarães, todas as antecipações dos valores dos frete poderá ser feita de maneira e simples ágil, através dos canais digitais da própria CAIXA, como por exemplo, o aplicativo Caixa Tem. "E mais importante, nós vamos utilizar o nosso banco digital, o nosso aplicativo Caixa Tem. E por que isso é tão importante? Vários caminhoneiros ou não tem a conta em banco ou estão na estrada e não tem agência de banco. Então você pode utilizar via essa questão digital é muito importante", concluiu Guimarães. 



Postar um comentário

0 Comentários