IVECO inicia testes com o primeiro caminhão movido a gás no Chile

IVECO/Divulgação
A IVECO, marca do grupo CNH Industrial, iniciou neste mês o primeiro teste operacional na Cordilheira dos Andes com um caminhão movido a combustíveis alternativos. O projeto é resultado de uma parceria com a concessionária chilena Sigdotek (SKC) e com o apoio da Empresa Nacional de Petróleo (ENAP), empresa estatal dedicada à exploração, produção, refinamento e comercialização de petróleo e seus derivados. Também participam da operação, a estação de carregamento Cryolab e a transportadora Santa Maria.

“O teste que estamos realizando, em conjunto com várias entidades, soma-se aos marcos globais da nossa série “Natural Power”, linha de produtos da marca que utiliza combustíveis alternativos. Mundialmente, a IVECO tem uma experiência de mais de 20 anos trabalhando no desenvolvimento de tecnologias que proporcionam soluções para as transportadoras e o meio ambiente. Também continuaremos trabalhando em soluções rentáveis para a região”, diz Márcio Querichelli, líder da IVECO na América do Sul.

Ao longo dos próximos 30 dias, o novo IVECO Stralis NP 6x2, equipado com motor 460 cv Cursor 13 NP LNG (gás natural liquefeito) Euro VI, fabricado pela FPT Industrial, percorrerá as estradas dos Andes acoplado a um semirreboque tanque. A previsão inicial é de que o modelo percorra neste período um total de 36.000 quilômetros, demonstrando assim os benefícios e vantagens dos extrapesados movidos a gás em operações de longas distâncias. Já o abastecimento do modelo ocorrerá em duas bases de GNL, uma na região de Valparaíso e outra na Região de Ñuble (base do Pemuco).

A apresentação do veículo, um caminhão acoplado a um tanque da ENAP, contou com a participação de autoridades do governo do Chile, da Cryloab e de transportadores. “Temos orgulho de trabalhar por um futuro mais sustentável e lucrativo com o apoio de empresas reconhecidas. O caminhão extrapesado, que atualmente percorre as estradas chilenas, está circulando com um tanque de 60 m3 carregado com gás natural liquefeito que abastecerá o veiculo durante o longo percurso”, afirma Marcelo Leonardi, diretor Comercial de Exportações da IVECO na América do Sul.


Certificações
Para colocar o veículo em circulação, uma série de certificações prévias foram realizadas para a obtenção da autorização. Em um primeiro momento, foi realizada a homologação com o 3CV (Centro Chileno de Certificação e Controle de Veículos) e, em seguida, foi realizada a aprovação do primeiro EESS (estação de serviço) para abastecer o caminhão. Ainda foram realizados testes de funcionamento do posto de abastecimento com o enchimento do posto com GNL, assim como o controle do funcionamento, da temperatura e da pressão do gás para o abastecimento do caminhão.

Após a aprovação do veículo pelas entidades, foi realizada a capacitação técnica dos motoristas que farão as rotas chilenas a bordo do Stralis NP. Entre outras novidades, a Universidade Andrés Bello desenvolveu pesquisas sobre esse veículo com foco nos pilares “conectar, inovar e liderar”, em que serão registrados consumo, emissões, comparações e outros dados.

IVECO/Divulgação
TEXTO: Lucas Duarte
Com informações: IVECO

Postar um comentário

0 Comentários