Por que o Controle de Jornada dos Motoristas é fundamental nesse momento de crise?

iStock
Fazer o Controle de Jornada dos Motoristas é algo muito importante para transportadoras de quaisquer tamanhos, não importa se tem cinco, dez ou mil motoristas, o controle tem que ser realizado com atenção e, principalmente, utilizando de tecnologia e ferramentas eficientes para a precisão desse controle.

E por que nesse momento de crise que estamos passando, devido à pandemia da Covid-19, o Controle de Jornada passou a ganhar mais importância ainda? Simples! Devido às preocupações comerciais e trabalhistas que envolvem qualquer tipo ou tamanho de negócio e que, no caso do segmento de transportes, que não pode parar em momento algum, é uma preocupação ainda mais latente.

Um Controle de Jornada efetivo, realizado utilizando um sistema completo, funcional e seguro, garante ao transportador mais segurança jurídica nas relações trabalhistas com seus motoristas, possibilita certeza nos valores pagos, nas horas trabalhadas e demais quesitos inseridos na Legislação de Jornada de Trabalho dos Motoristas, Lei nº 13.103/2015, também conhecida como a Lei do Motorista.


O transportador poderá com isso atender às normas inseridas na Legislação, garantir a seus motoristas as horas trabalhadas efetivamente, ter a certeza dos valores que serão pagos por essas horas, além dos cálculos de horas extras, horas em feriados, finais de semana, direção contínua, descanso, pernoite, entre outros, gerando inclusive redução de custos, para a empresa, com valores pagos indevidamente e também mais segurança jurídica para evitar processos trabalhistas por estar em conformidade com a legislação.

Muitas transportadoras ainda utilizam de papeletas, fichas e tabelas preenchidas à mão, o que não é produtivo e nem seguro, podendo ser preenchidas incorretamente ou facilmente adulteradas, tirando a segurança e o controle efetivo da Jornada.

Por tudo isso, é importante buscar um sistema que esteja em conformidade com a legislação e atenda todos os quesitos inseridos na mesma, que seja acessível financeiramente e com uma estrutura simples, prática e segura para aquisição, em nuvem preferencialmente, para que a empresa possa focar na gestão do seu negócio e o sistema de Controle de Jornada venha a agregar valor à essa gestão da empresa.

ARTIGO: Fábio Luiz Furtado - Especialista em vendas e Gerente Comercial da Trafegus Sistemas
FONTE: FETRANCESC

Postar um comentário

0 Comentários