Produção de caminhões acumula crescimento de 12% e se aproxima de 100 mil unidades em 2019

Scania/Divulgação
Mantendo o ritmo de crescimento, a produção brasileira de caminhões encerrou o mês outubro com números positivos em todo os comparativos em relação ao ano anterior e já se aproximando da marca de 100.000 unidades produzidas em 2019.

De acordo com o balanço oficial divulgado pela Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), somente em outubro de 2019 foram produzidos 11,3 mil caminhões, crescimento de 3,9% em relação a outubro de 2018 e de 8,4% em relação ao mês anterior, setembro.

Já no acumulado do ano, janeiro a outubro, foram fabricados 98,7 mil caminhões, crescimento de 12,1% em comparação com o mesmo período de 2018, quando foram produzidos 88,1 mil caminhões.

A comercialização de caminhões no Brasil também apresentou um crescimento em outubro. De acordo com a Anfavea, foram comercializados 9,4 mil caminhões no último mês, crescimento de 19,3% em relação a outubro de 2018, quando foram comercializados 7,9 mil caminhões no país. No acumulado dos dez meses de 2019, os emplacamentos de caminhões novos totalizaram 83,7 mil unidades, alta de 37,9% em relação ao mesmo período de 2018. 


“Todos os números deste mês estão de acordo com nossa projeção para o fechamento do ano. Os resultados indicam o terceiro ano de recuperação do setor automotivo como um todo, mesmo com a queda nas exportações”, afirmou o presidente da Anfavea, Luiz Carlos Moraes

Sucesso da Fenatran sinaliza potencial de crescimento para 2020 
Além do balanço mensal, a Anfavea compartilhou com a imprensa os ótimos resultados da Fenatran 2019, que teve recorde de público, de expositores, de visitantes internacionais, de test-drives e de negócios gerados.

“Foi a maior Fenatran de todos os tempos, e isso é uma prova da recuperação do mercado brasileiro. O interesse por caminhões sinaliza a aposta de vários setores da economia em um aquecimento dos negócios para 2020, e isso é positivo para todos”, comemorou o presidente da Anfavea.

LEIA: FENATRAN e MOVIMAT recebem mais de 60 mil visitantes e geram R$ 8.5 bilhões em oportunidades de negócios

TEXTO: Lucas Duarte
Com informações: Anfavea

Postar um comentário

0 Comentários