Usina São Martinho utilizará primeiro Scania off-road movido a biometano no Brasil

Lucas Duarte
A Usina São Martinho, um dos maiores grupos sucroalcooleiros do Brasil, utilizará em suas operações o primeiro caminhão fora de estrada  movido a biometano na história do Brasil. 

O modelo Scania G 410 XT 6x4 é resultado de uma parceria entre a montadora sueca e a a ZEG, empresa do Grupo Capitale Energia, dedicada exclusivamente à geração de energia renovável. O veículo vai de encontro com o objetivo de ambas as empresas, que é fomentar a transição energética com a substituição de combustíveis fósseis, reduzindo as emissões de gases de efeito estufa no ecossistema de transporte e logística. 

“Nosso propósito é liderar a transformação para um sistema de transporte sustentável e não poderíamos fazer isso sozinhos – justamente o que mostra esta parceria, de um lado oferecemos a tecnologia e do outro a ZEG viabilizará a produção do combustível e o abastecimento”, diz Christopher Podgorski, Presidente e CEO da Scania Latin America. 

“Estamos olhando na mesma direção e convencidos que esta aproximação representa uma oferta completa, em que nossos clientes vão se beneficiar do ponto de vista da contribuição para redução do impacto ao meio ambiente, além de ganhos em eficiência e diminuição de custos”, destaca Podgorski. “Esta iniciativa inovadora abre uma frente capaz de incentivar outras empresas a embarcarem na jornada de descarbonização do setor”, completa. 


“A nossa expectativa é contribuir com empresas de logística ou que possuem frotas próprias, para que viabilizem sua transição energética”, afirma Daniel Rossi, CEO da ZEG e sócio-fundador da Capitale Energia.

O novo membro da frota da Usina São Martinho pode ser abastecido com o Gásbio, nome dado ao combustível da ZEG, está sendo produzido no distrito de Sapopemba, em São Mateus (SP), a partir do biogás do Centro de Tratamento de Resíduos Leste. Ou ainda com um combustível produzido a partir a partir de resíduos da cultura de cana-de-açúcar e de outros tipos de resíduos agrícolas e industriais.

O modelo G 410 XT 6x4 movido a biometano é mais um passo da montadora sueca na produção de caminhões movidos a combustíveis alternativos, que a partir do primeiro trimestre de 2020 estarão disponíveis para comercialização no mercado brasileiro.

LEIA: Scania produzirá caminhões a gás no Brasil a partir de 2020

TEXTO: Lucas Duarte
Com informações: Scania
Caminhões e Carretas

Postar um comentário

0 Comentários