Isenção de cobrança para eixos suspensos passa a ser cumprida em São Paulo

Passou a valer nesta quinta-feira, 1º de junho, a isenção na cobrança de pedágio para eixos suspensos de caminhões vazios em todas as rodovias federais e estaduais que cortam o estado de São Paulo. 
O fim da cobrança acontece após a publicação da Resolução SLT-4 no Diário Oficial do Estado de São Paulo e da regulamentação determinada pela medida provisória (MP 833) assinada e publicada pelo presidente Michel Temer (PMDB), no último domingo (27). A medida faz parte de um novo acordo que tem como objetivo colocar fim a paralisação nacional de caminhoneiros. 

O estado de São Paulo tem 8,3 mil quilômetros no Programa de Concessões Rodoviárias. Todas as praças de pedágios seguirão a suspensão da cobrança. A Agência de Transportes do Estado de São Paulo (Artesp) fará a apuração dos valores de desequilíbrio financeiro causado pela isenção, informando que divulgará a forma de reequilíbrio com as concessionárias "tão logo a decisão seja acordada entre as partes". 
Ao anunciar o acordo com os caminhoneiros, o governador estimou em R$ 50 milhões a perda de receita mensal com a isenção, informando que está negociação uma compensação com o governo federal. 

Confira na íntegra a Resolução SLT-4: CLIQUE AQUI

TEXTO: Lucas Duarte

Com informações: Agência Brasil
Blog Caminhões e Carretas 
Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário