Projeto de lei autoriza posse de armas a caminhoneiros

Na última quarta-feira (9), a Câmara dos Deputados em Brasília, foi palco do XVIII Seminário Brasileiro do Transporte Rodoviário de Cargas. Políticos e representantes das principais entidades e órgãos do setor se reuniram para debater temas de extrema importância para o País no que diz respeito ao TRC.
Durante o evento foram discutidos temas como a política de preços da Petrobras sobre os combustíveis, carga tributária imposta sobre as operações de transporte e o crescente roubo de cargas em âmbito nacional. 
De acordo com a pesquisa, em 2017 foram registrados 25.970 casos de roubo de cargas no Brasil, totalizando um prejuízo de R$ 1,570 bilhões. Os estados do Rio de Janeiro e São Paulo, juntos, somam 81,56% das ocorrências.
Segundo o Coronel Paulo Roberto de Souza, as cargas mais visadas são produtos alimentícios, cigarros, combustíveis, eletrônicos, produtos farmacêuticos, bebidas, têxteis e confecções, autopeças e produtos químicos. “A situação é bastante preocupante e vem se agravando ano após ano. Medidas precisam ser tomadas com urgência para viabilizar o transporte de segurança no país”, afirmou Souza.
Posse de armas para caminhoneiros
Diante do crescente prejuízo causado pelo roubo de cargas nos últimos anos, o Deputado Federal Professor Victório Galli (PSL/MT) presente no evento, apresentou na última quarta-feira (9) o Projeto de Lei 10.205/2018, que concede a posse de armas aos caminhoneiros, com uso restrito ao interior dos caminhões. 
Segundo o Deputado, o projeto de lei corrobora com o Estatuto de Desarmamento (Lei 10.826/2003), de 2003, que autoriza a posse de arma em residência ou local de trabalho, assim, o caminhoneiro poderá no interior de seu caminhão ter a posse de arma para sua legitima defesa, de sua família e da carga que transporta. 
No teor do projeto, o Deputado reconhece a necessidade de uma análise detalhada do projeto de lei, mas ressalta a insegurança e sofrimento diário de caminhoneiros diante dos frequentes ataques de bandidos em rodovias e nas grandes cidades. 
"Sou a favor da posse de armas para os caminhoneiros que arriscam suas vidas pelo Brasil afora para trazer o sustento de suas famílias", argumentou o deputado no teor do projeto. 
O Projeto de Lei que concede a posse de armas a caminhoneiros agora aguarda o Despacho do Presidente da Câmara dos Deputados para o início das análises, discussões e futuras votações. 

Confira na íntegra o PL 10.205/2018: CLIQUE AQUI 

De a sua opinião sobre a posse de armas a caminhoneiros: CLIQUE AQUI

TEXTO: Lucas Duarte

Blog Caminhões e Carretas 
Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

1 comentários:

  1. No Rio de janeiro quem da cobertura prós ladrão é a própria polícia mesmo

    ResponderExcluir