Paralisação nacional de caminhoneiros completa 9 dias nesta terça-feira

Após considerarem como insuficientes as medidas anunciadas pelo Governo Federal, caminhoneiros de todo o país deram início nesta terça-ferira (29) ao nono dia de paralisação nacional do transporte rodoviário de cargas em todo o país. 
De acordo com as informações divulgadas nesta manhã, os protestos acontecem em 24 estados e no Distrito Federal - apenas Amazonas e Amapá não registram manifestações. Vale destacar que as manifestações acontecem de maneira pacífica, organizada e sem qualquer tipo de bloqueio em rodovias, sejam elas federais ou estaduais. 
A continuidade dos pontos de manifestação reflete o descontentamento de milhares de caminhoneiros em relação as propostas anunciadas pelo Governo Federal na noite do último domingo (27). A redução anunciada de R$ 0,46 no litro do óleo diesel por 60 dias, foi considerada por muito por muitos como uma migalha. 

LEIA: Governo Federal anuncia nova proposta para tentar por fim a greve de caminhoneiros

A previsão para os próximos dias é de que a paralisação nacional de caminhoneiros siga forte, principalmente devido ao apoio de outras categorias do transporte, da população em geral e da greve de petroleiros que será deflagrada a partir da 0h da próxima quarta-feira (30). 

LEIA: Greve de caminhoneiros ganha adesão de outras categorias de transporte e da população
LEIA: Petroleiros confirmam greve de 72 horas a partir de quarta-feira


Saiba tudo sobre a greve de caminhoneiros: CLIQUE AQUI

TEXTO: Lucas Duarte
Blog Caminhões e Carretas
Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário