Federação dos policiais federais declara apoio a paralisação de caminhoneiros

Em reconhecimento as manifestações de apoio realizadas pelos caminhoneiros em Julho de 2017, quando a Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Polícia Federal (PF) anunciaram um contingenciamento orçamentário e restringiram atividades devido ao corte de verbas do governo, a Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef) declarou neste domingo (27) a paralisação nacional de caminhoneiros. 


Em nota oficial, a entidade releva que suas unidades representativas nos 27 estados acompanham com atenção e muita preocupação o desenrolar das negociações entre representantes dos caminhoneiros e do Governo,  em busca de uma solução que atenda aos anseios dos trabalhadores e da população brasileira. A Fenapef reconhece ainda que o objeto de luta dos caminhoneiros também representa a vontade de todos os brasileiros. "Assim, a luta da categoria é a nossa luta", destaca trecho da nota. 
Além do apoio a paralisação nacional de caminhoneiros que acontece desde o dia 21 de maio, a Fenapef revela que as entidades representativas sindicais dos policiais federais reafirmam o compromisso de defender o povo brasileiro e de jamais funcionar como polícia de governo ou um braço armado contra os manifestantes.
Por fim a Fenapef destaca que o movimento de caminhoneiros exerce legítima pressão por mudanças e estará longe de ser considerado pela sociedade como  irresponsável e/ou fora de controle, desde que preservados os atendimentos básicos da sociedade, desde hospitais até instituições de segurança pública. 

Confira na integra a nota da Fenapef: CLIQUE AQUI

Saiba tudo sobre a greve de caminhoneiros: CLIQUE AQUI

TEXTO: Lucas Duarte
Blog Caminhões e Carretas
Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário