Caminhoneiros denunciam fiscalização abusiva da PRF na BR-163

Além dos frequentes atoleiros, atrasos nas viagens, insegurança, altas despesas, falta de alimentos e água, caminhoneiros que estão atuando no transporte da safra de grãos do Mato Grosso com destino ao Porto de Miritituba no Pará, estão enfrentando um novo problema na BR-163, a fiscalização abusiva da Polícia Rodoviária Federal (PRF). 
Vídeos divulgados recentemente pelos próprios caminhoneiros que percorrem o trecho 710 quilômetros da divisa do Mato Grosso, até a entrada do Porto de Miritituba, denunciaram uma "perseguição" que vem sendo praticada pelos agentes da corporação. 
De acordo com a publicação mais recente, caminhoneiros estão sendo multados pela falta de para-choques, para-lamas e outros equipamentos obrigatórios que tem sido frequentemente danificados pelas péssimas condições da rodovia federal, principalmente no trecho de 70 quilômetros que ainda não foi pavimentado. 
No vídeo, o caminhoneiro mostra dezenas de motociclistas circulando sem capacete e com crianças pelo trecho da rodovia federal que corta o município de Trairão, Pará. "É revoltante, estamos trabalhando, temos que trazer o produto pra cá, não temos estrada, chegamos com o para-lama quebrado e é multa", comenta. Durante as gravações o caminhoneiro destaca que os demais motoristas infratores passam pelos agentes da PRF e não são abordados, apenas caminhoneiros. 
Em fevereiro, auge dos atoleiros na BR-163 que deixaram motoristas parados por 10 dias, outro caminhoneiro já havia denunciado os abusos da PRF em um vídeo. Na publicação, o motorista releva que dezenas de caminhoneiros estavam sendo multados por estarem estacionados em fila dupla, sob a justificativa de que dessa forma a rodovia estava sendo bloqueada. Entretanto, o caminhoneiro argumentou que esta era a única forma dos mesmos se abrigarem da chuva e se alimentarem nas caixas cozinha. 
Em nota a PRF explicou que a “Operação Radar BR 163″,  está sendo realizada na Rodovia Transamazônica (BR 163 e BR 230) para auxílio aos motoristas que enfrentam problemas para trafegar pela rodovia devido ao intenso período de chuvas que provoca dezenas de atoleiros no trecho que corta o estado do Pará. 

LEIA: PRF auxilia motoristas durante Operação BR 163 – Pará

Confira os vídeos publicados por caminhoneiros:


TEXTO: Lucas Duarte
Com informações: Folha Progresso 
Blog Caminhões e Carretas 
Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

1 comentários:

  1. A VERDADE E QUE CAMINHONEIRO E TRATADO IGUAL CACHORRO, POR ISTO EU LARGUEI ESTA PROFISSÃO.

    ResponderExcluir