PRF apreende 55 ônibus com manifestantes de Brasília nas últimas horas

PRF/Divulgação

Apreensões foram registradas em quatro estados e no Distrito Federal, PRF afirma que criou um cinturão de fiscalização nas principais rodovias que dão acesso à Brasília

Google News
Por meio de um comunicado oficial, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou que desde o último domingo, 8 de janeiro, foram interceptados 55 ônibus responsáveis pelo transporte de manifestantes até Brasília e que participaram dos atos de vandalismo registrados nos principais prédios públicos da capital federal.


De acordo com a corporação, na noite de domingo (8), 25 ônibus particulares fretados pelos manifestantes foram apreendidos. Já nesta segunda-feira (9), outros 30 veículos de transporte coletivo foram interceptados na mesma situação. 

Segundo a PRF, em todas as ocorrências, os passageiros são identificados e conduzidos para unidades da Polícia Federal. Os veículos abordados e itens apreendidos são encaminhados aos órgãos responsáveis pelas investigações, e ficam à disposição da justiça.

Até o momento, as abordagens se concentram nos estados de Goiás, Minas Gerais, São Paulo e Paraná, além do Distrito Federal, e são resultado de um cinturão de fiscalização elaborado pela corporação nas principais rodovias de acesso à capital federal.


Ocorrências destacadas pela PRF
- Santa Maria (DF): um ônibus que seguia para Minas Gerais foi abordado na BR-040. Entre os passageiros estavam dois policiais militares (um reformado e outro da ativa), ambos portando arma de fogo e munições. No momento da abordagem, para causar tumulto, um dos militares usou spray de pimenta no interior do ônibus.

- Três Marias (MG): também na BR-040, policiais rodoviários federais realizaram vistoria a ônibus com manifestantes. Desta vez, encontraram em posse dos ocupantes estojos de bombas de gás lacrimogêneo já deflagradas, além de um cartão de acesso do Gabinete de Segurança Institucional (GSI) da Presidência da República.

- Onda Verde (SP): PRFs de plantão também inspecionaram um ônibus na BR-153. Apesar da aparente normalidade, o olhar atento da equipe percebeu que alguns dos passageiros apresentavam hematomas nas pernas, como possível resultado de disparo de elastômeros (balas de borracha). Na entrevista pessoal, foi possível constatar que também se tratavam de manifestantes.

PRF/Divulgação
Com informações: PRF

Postar um comentário

0 Comentários