PRF prende caminhoneiro após tentativa de suborno na BR-153

Combinação de veículo de carga transportava dois tratores - Foto: PRF/Divulgação

Motorista ofereceu R$ 1.000,00 aos policiais após serem constatadas irregularidades na nota fiscal da carga e na Autorização Especial de Trânsito (AET)

Google News
No final da tarde desta terça-feira, 16 agosto, uma equipe da Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu um caminhoneiro após uma tentativa de suborno durante uma ação de fiscalização de rotina. A ocorrência foi registrada no km 666 da BR-153, em Gurupi (TO).


Após abordarem uma combinação de veículo de carga, formada um cavalo mecânico Volvo FH 540 6x4 e um semirreboque prancha, carregada com dois tratores, os policiais rodoviários constataram inicialmente uma série de irregularidades no documento fiscal apresentado pelo condutor, dentre elas, a especificação de apenas um trator e divergências na identificação das máquinas. 

Ao solicitarem a documentação correta da carga, o caminhoneiro afirmou aos PRF's que gostaria de resolver a situação de uma forma mais simples e ofereceu a quantia de R$ 1.000,00 (mil reais) à equipe policial. Neste momento, foi dada voz de prisão ao condutor.


Posteriormente, ao aprofundarem as averiguações, os policiais também constataram graves divergências na Autorização Especial de Trânsito (AET), como, valores das taras indevidamente subfaturados, ou seja, abaixo do peso real dos veículos e consequentemente ampliando a capacidade de carga do conjunto. 

Diante dos fatos, os veículos e a carga foram apreendidas e encaminhadas ao pátio da PRF. Já o motorista foi encaminhado para a central de flagrantes de Gurupi (TO), onde responderá pelos crimes de corrupção ativa, transporte de mercadoria nacional sem nota fiscal e falsidade ideológica.


Postar um comentário

0 Comentários