Marcopolo produzirá ônibus 100% elétrico no Brasil a partir deste mês

Desde outubro de 2021, um exemplar já opera de forma assistida em Santo André (SP) - Foto: Marcopolo/Divulgação

Até o fim de 2022, 30 exemplares Attivi com configurações distintas serão produzidas pela fabricante; modelo é o primeiro ônibus da marca com chassi próprio e 100% elétrico

Google News
Líder incontestável na produção de carrocerias de ônibus no Brasil e referência global no segmento, a Marcopolo confirmou para este mês, o início da produção em série da linha Attivi, primeiro ônibus da marca com chassi próprio e 100% elétrico. A informação foi revelada pela companhia na Lat.Bus Transpúblico 2022, maior evento de mobilidade urbana da América Latina.

De acordo com a fabricante gaúcha, até o final deste ano, serão produzidos 30 veículos que contam com distintas configurações para atender às demandas de diferentes regiões do País, contando ainda com total apoio da tecnologia nacional.


Há alguns anos estamos envolvidos em diferentes projetos de veículos movidos a combustíveis obtidos a partir de fontes renováveis. A tecnologia limpa é uma tendência mundial e fazer parte da criação de um ônibus elétrico nacional valoriza a nossa engenharia”, avalia James Bellini, CEO da Marcopolo.

A viabilidade da linha Marcopolo Attivi vem sendo comprovada desde outubro de 2021, quando exemplares passaram a operar de forma assistida em um trajeto curto e sem passageiros pela área urbana central de Santo André, na Grande São Paulo, para análises de desempenho.

O projeto de eletromobilidade da Marcopolo não se resume a produção de ônibus 100% elétricos, mas prevê também o desenvolvimento de uma solução completa de mobilidade urbana sustentável, com plano de serviços, atendimento pós-vendas e peças de reposição, inclusive para o sistema de recarga e manutenção das baterias. A fabricante gaúcha também ofertará ao mercado ferramentas de telemetria, diagnose remota e gestão da energia de recarregamento, entre outros, com foco na entrega do melhor custo total de propriedade.


É uma iniciativa que reforça a expertise e a tradição da companhia na estruturação de operações de mobilidade. Esse trabalho contribui com o desenvolvimento de projetos que vão ajudar a ditar os novos rumos da mobilidade”, enfatiza o CEO da companhia.

A mobilidade sustentável faz parte da estratégia ESG da companhia, prova disso são os mais de 350 ônibus elétricos e híbridos já rodando em diversos países, como Argentina, Colômbia, Austrália e Índia, além do Brasil, com chassis de parceiros.

O projeto atende as diferentes possibilidades do setor de transportes nos mercados brasileiro e internacional, reforçando o investimento da companhia no segmento de elétricos, com foco em modais cada vez mais sustentáveis”, complementa Bellini.
Marcopolo Attivi será o primeiro ônibus da marca com chassi próprio - Foto: Marcopolo/Divulgação

Postar um comentário

0 Comentários