Scania 65 anos

Brasil poderá ter mais de 3 mil ônibus 100% elétricos até 2024

Mercedes-Benz eO500U é o primeiro chassi de ônibus urbano elétrico, 100% desenvolvido pela equipe de engenharia brasileira da marca - Foto: Mercedes-Benz/Divulgação

Dez cidades brasileiras demonstraram interesse na tecnologia e já negociam aquisições; chassi eO500U é uma das principais apostas da Mercedes-Benz

Google News
Atenta a crescente demanda por alternativas e soluções cada vez mais sustentáveis e não poluentes no transporte urbano de passageiros, a Mercedes-Benz do Brasil segue cada vez mais confiante no grande potencial da adoção de ônibus elétricos nos principais corredores de transporte público do país.


De acordo com as previsões mais recentes da montadora de origem alemã, até 2024, o Brasil poderá ter mais de 3.000 ônibus 100% elétricos em circulação no país, especialmente na cidade de São Paulo (SP). Em fase avançada de negociações, a maior metrópole do país e da América Latina poderá contar em pouco menos de dois anos com 2.600 exemplares elétricos. 

Há exemplo da capital paulista, outras importantes cidades brasileiras também já se preparam para o emprego da eletromobilidade no transporte público de passageiros até 2024. Segundo a Mercedes-Benz, as cidades de São José dos Campos (SP) com 350 ônibus elétricos,  Curitiba (PR) com 150 unidades, Campinas (SP) com 140 exemplares, Goiânia (GO) com 114 ônibus elétricos, São Bernardo do Campo (SP) com 96 unidades, Rio de Janeiro (RJ) com 62 exemplares, Itajaí (SC) com 45 ônibus elétricos, Niterói (RJ) com 40 exemplares, Salvador (BA) com 20 unidades e Vitória (ES) com 4 ônibus elétricos, são exemplos de municípios que demonstraram interesse na implantação da tecnologia e já negociam as aquisições.


Solução completa para o ecossistema da eletromobilidade
Para atender com precisão a crescente demanda pela eletrificação do transporte público de passageiros, a Mercedes-Benz do Brasil vem investindo e se preparando para entregar uma solução completa capaz de atender todo o ecossistema da eletromobilidade.

O primeiro e principal destaque dessa solução é o ônibus Mercedes-Benz eO500U. Revelado pela primeira vez em 2021, o modelo se consagra como o primeiro chassi de ônibus urbano elétrico, 100% desenvolvido pela equipe de engenharia brasileira da marca.


Resultado de um investimento de R$ 100 milhões e previsto para ser comercializados a partir de 2023, o Mercedes-Benz eO500U Modelo Padron conta com tração 4x2, piso baixo, capacidade para transportar até 84 passageiros e autonomia de até 250 quilômetros, a maior entre ônibus elétricos no Brasil.


A solução completa de eletromobilidade da Mercedes-Benz para o mercado brasileiro ainda é complementada por importantes parceiros que serão responsáveis pela infraestrutura de energia e recarga, serviços digitais, projeto, construção e instalação elétrica em clientes, manutenção, treinamentos e peças, além de opções de financiamento.

Mercedes-Benz eO500U conta com autonomia para até 250 quilômetros - Foto: Mercedes-Benz/Divulgação



Parceria com a Eletra amplia portfólio de ônibus elétricos
O chassi eO500U não é a única aposta da Mercedes-Benz para a eletrificação do transporte público de passageiros no Brasil. Para atender as diferentes necessidades operacionais de cada município, a montadora alemã também estabeleceu uma importante parceria com a Eletra, empresa brasileira com mais de 20 anos de experiência na fabricação de ônibus elétricos, híbridos e trólebus, com tecnologia 100% nacional. O resultado? Um portfólio complementar de ônibus elétricos composto por unidades com chassis O 500 U, O 500 UDA e O 500 MDA.



Postar um comentário

0 Comentários