Scania 65 anos

Daimler Buses lança ônibus rodoviários no Vietnã com chassis produzidos pela Mercedes-Benz do Brasil

Com o lançamento dos novos ônibus, a Mercedes-Benz do Brasil volta a exportar para o Vietnã depois de 14 anos - Foto: Mercedes-Benz/Divulgação

Modelos convencional e leito utilizam como base os chassis O 500 com motor OM 457 nas versões de 360 e 428 cv de potência

Google News
A Daimler Buses e a empresa automotiva Truong Hai Auto Corporation (THACO), do Vietnã, apresentaram ao Sudeste Asiático, dois ônibus rodoviários para transporte de passageiros. Batizados de 120S Seater Bus (convencional) e 120 SL Sleeper Bus (leito), os modelos utilizam chassis Mercedes-Benz O 500 produzidos na fábrica da Mercedes-Benz do Brasil em São Bernardo do Campo, na Região Metropolitana de São Paulo.

Equipados com motor OM 457 nas versões de 360 e 428 cv de potência, os chassis O500 são enviados ao Vietnã em forma de CKD (veículo completamente desmontado) para montagem pela THACO, que também é a representante oficial da marca Mercedes-Benz no mercado vietnamita.

Esse lançamento estava previsto para 2020 e foi postergado devido à pandemia da Covid-19. O objetivo agora é voltar a atender de forma consistente os clientes do Vietnã, mercado para o qual exportamos nossos ônibus entre 2001 e 2006 e que pretendemos retomar, 14 anos depois, a partir da parceria da Daimler Buses com a THACO. Para isso, já são 12 dealers envolvidos”, afirma Rogério Sousa, gerente de Vendas e Pós-Vendas para Exportação de Veículos, Peças e Serviços Caminhões e Ônibus da Mercedes-Benz do Brasil. “Juntos, vamos levar a qualidade e a confiabilidade do produto brasileiro para esse importante mercado overseas”.


Expansão dos negócios de ônibus no Sudeste Asiático
Para ampliar o horizonte dos negócios de ônibus no Sudeste Asiático, a Daimler Buses uniu-se à THACO, representante oficial da marca no mercado vietnamita. A empresa será responsável pela comercialização de chassis Mercedes-Benz no Vietnã.

Projetados para atender às necessidades específicas dos clientes locais, os ônibus a serem comercializados utilizarão chassis produzidos pela Mercedes-Benz do Brasil na planta de São Bernardo do Campo (SP). A fábrica brasileira fornece ao Vietnã, em forma de CKD, os kits de componentes para montagem local dos chassis. Antes da implementação das carrocerias, a THACO monta os chassis em seu parque industrial Chu Lai Truong Hai.

Além das rotas de serviços regulares no Vietnã, os ônibus também desempenham importante papel devido ao aumento do número de turistas no país.


Daimler Truck no Sudeste Asiático
A entrada dos ônibus Mercedes-Benz no Vietnã está a cargo do Regional Center para o Sudeste Asiático, localizado em Singapura. Os negócios locais abrangem 18 mercados que, além do Vietnã, incluem Malásia, Singapura, Filipinas, entre outros. Com 622 milhões de habitantes, a região é mais populosa que os Estados Unidos (mais de 300 milhões) ou a Europa (mais de 500 milhões).

No Sudeste da Ásia, a Daimler Truck opera um total de cinco unidades montadoras de veículos comerciais em CKD: Indonésia, Tailândia, Vietnã e Taiwan. Com o fornecimento de kits de peças para chassis de ônibus da Mercedes-Benz do Brasil, a Daimler Buses aproveita as vantagens oferecidas por sua rede de produção internacional.

Com a THACO assumindo o papel de parceira estratégica da Daimler Buses no Vietnã, a Daimler Truck está expandindo sua relação com a empresa, que já tem cooperação com a marca FUSO, da Daimler Trucks. A partir de sua ampla rede de pontos de venda e serviços já estabelecida, a THACO consegue oferecer a seus clientes o atendimento ideal para cada linha de veículos.


Mercedes-Benz do Brasil é referência mundial em chassis de ônibus
Atualmente a Mercedes-Benz do Brasil é o Centro Mundial de Competência da Daimler para o desenvolvimento de chassis de ônibus da marca. Com mais de 60 anos de atuação no mercado interno e nas exportações e considerada a maior fabricante de ônibus do País, a marca também é referência no desenvolvimento tecnológico de veículos e motores e no uso de combustíveis alternativos, dando contribuição importante para a sustentabilidade ambiental.


Postar um comentário

0 Comentários