Scania 65 anos

Inpasa adquire lote de 120 caminhões IVECO Hi-Way

Modelos 6X4 800S48TZ se destacam pela robustez, segurança, baixo consumo de combustível e alto torque dos motores - Foto: IVECO/Divulgação

Lote expressivo de caminhões chega para fortalecer as operações da maior produtora de combustível limpo e renovável à base de milho da América Latina; Negócio também inclui seis unidades do Tector 6x4 260E30

Google News
Atenta a expansão do setor energético e com o objetivo de ampliar a capacidade operacional, a Inpasa acaba de reforçar a frota com 120 novos caminhões IVECO Hi-Way 6X4 800S48TZ. A compra também inclui seis unidades do Tector 6x4 260E30, aumentando assim a participação da montadora na frota da empresa. O negócio contou com o apoio da concessionária Torino.

"Nossa estratégia de crescer de forma sustentável, com foco total no cliente, nos traz resultados muito positivos, tanto no aumento das vendas quanto em relação à satisfação de autônomos e transportadores que têm nossos produtos, e contam hoje com uma rede de atendimento em 100% do território nacional", afirma Ricardo Barion, diretor Comercial da IVECO.


Segundo Eder Lopes, diretor da Inpasa, a recente aquisição dos extrapesados IVECO tem como principal objetivo, fortalecer as operações de transporte. "Ampliamos a eficiência e reduzimos custos sem abrir mão da qualidade. Além disso, o conforto que o caminhão proporciona é um diferencial, principalmente porque as viagens que nossos motoristas realizam acontecem em longos percursos", pontua. Ainda de acordo com o executivo, a Inpasa está em constante crescimento para continuar liderando o segmento de etanol de milho e seus derivados na América Latina. Sediada em Sinop (MT), a indústria tem filiais em Nova Mutum (MT) e Dourados (MS), além de duas unidades no Paraguai.

A robustez do conjunto, a segurança e o baixo custo operacional, que alia performance e economia de combustível, são fatores que colocam o extrapesado IVECO em uma posição de destaque no mercado brasileiro. Marcelo Araújo, gerente Comercial da IVECO, lembra  que o Hi-Way proporciona rentabilidade na operação, com baixo consumo de combustível e conforto para os motoristas. "Temos verdadeiros 'pacotes de solução' para os clientes. Não basta ter potência se não for econômico", completa. 


Sobre a linha Hi-Way
Apresentada ao mercado brasileiro em 2013, a linha Hi-Way se consagra como a top de linha da IVECO. Em constante evolução ao longo dos anos, os modelos que compõem a família Hi-Way receberam um amplo pacote de melhorias técnicas que elevou significativa o torque e a economia de combustível.

Destaque para mudanças na turbina, coletor de escape, volante do motor e aumento da eficiência do sistema de arrefecimento, além da calibração geral de motor e caixa. Segundo a montadora italiana, essas melhorias garantem retomadas mais eficientes e resultam em menor tempo médio de viagem e maior produtividade. E para otimizar ainda mais os custos operacionais em todas as condições de uso, a linha Hi-Way passou a contar com o "modo econômico", acionado por meio da tecla ECO no painel, contribuindo para um consumo de combustível mais otimizado.


Para entregar um sistema de freios eficiente e confiável, o IVECO também conta com uma série de itens:

- ABS (Anti Lock Braking System): sistema eletrônico complementar ao sistema de freio que evita o travamento das rodas em uma frenagem brusca de emergência.

- EBD (Electronic Brake Force Distribution): sistema que trabalha em conjunto com o ABS e tem a tarefa de dosar a potência de frenagem entre os eixos dianteiro e traseiro, garantindo maior eficiência ao sistema.

- Ajustador automático de folga das lonas de freio.

- CEB (Combined Engine Brake): freio-motor no cabeçote, combinado com válvula-borboleta instalada no coletor de escapamento, que eleva a potência de frenagem para 460 cv.

Destaca-se ainda a presença do limitador de velocidade que também contribui para a segurança já que, uma vez programada, a velocidade máxima não é ultrapassada, mesmo quando há a pressão no pedal do acelerador.



Postar um comentário

0 Comentários