Scania 65 anos

Centenas de caminhoneiros ficam presos em nevasca na Cordilheira dos Andes

Caminhoneiros brasileiros estão presos em nevasca na Cordilheira dos Andes - Foto: LanceSeabra

Mais de 300 motoristas e passageiros, incluindo brasileiros, ficaram presos na nevasca que derrubou as temperaturas para - 16 ºC e provocou uma acumulo de neve com 60 cm de altura

Google News
O inverno chegou com tudo na América do Sul, trazendo consigo uma série de desafios para o transporte rodoviário de cargas, especialmente para caminhoneiros e transportadoras que atuam em rotas do Mercosul.

Neste último final de semana, uma nevasca interrompeu completamente o trânsito de veículos em um trecho rodoviário batizado de Passagem Internacional do Cristo Redentor, localizado na Cordilheira dos Andes próximo a fronteira entr/e a Argentina e o Chile. Há 3.200 metros de altitude, o complexo rodoviário formado por estradas e túneis se viu completamente intransitável devido a uma espessa camada de 60 centímetros de neve.


Informações da imprensa local revelam que mais de 300 motoristas de caminhões, ônibus e veículos de passeio ficaram presos na rodovia que vem sendo castigada pela neve. Também há relatos de caminhoneiros brasileiros impossibilitados de seguirem viagem no trecho. No local a sensação térmica chega à - 16 ºC. 

Ainda segundo a imprensa chilena, autoridades governamentais e o próprio exército chileno atuam no regaste dos motoristas e passageiros presos na rodovia. Os socorridos estão sendo encaminhados para pavilhões e abrigos com alimentação e aquecimento, até que as condições climáticas se normalizem e a rodovia possa ser desobstruída. Previsões meteorológicas revelam que a tempestade de neve ainda deve persistir nesta segunda-feira, 11 de julho. 

LanceSeara

Postar um comentário

0 Comentários