Fretebras Superior

Produção de caminhões cresce 38,5% em maio

VWCO/Divulgação
Fretebras Post1

Crescimento é justificado pelo menor número de interrupções na produção; até o fim de maio, mais de 58 mil caminhões foram produzidos em todo o Brasil

Google News
Superando os inúmeros desafios impostos pela falta de semicondutores e interrupções nos cronogramas de produção, a produção brasileira de caminhões encerrou o mês de abril registrando recuperação e crescimento significativo.

Segundo os números oficiais da Associação Nacional dos Fabricantes de Autoveículos (ANFAVEA), 13,9 mil caminhões foram produzidos em todo o Brasil no mês de maio, queda de 38,5% em relação ao mês anterior, abril, quando 9,5 mil exemplares foram montados. Já no comparativo com maio de 2021, quando também foram produzidos 13,9 mil caminhões, o setor se manteve estável com 0,3% de variação positiva.


Fretebras Post2

"No mês de maio vemos a produção voltar ao patamar anterior (antes do mês de abril), não houve uma coincidência de datas de paralisação (da indústria)", explica Gustavo Bonini, Vice-Presidente da ANFAVEA para veículos pesados. "Continuamos na expectativa de dia após dia conseguir uma estabilização do abastecimento (fornecimento de componentes), tendo um segundo semestre melhor que o semestre atual", completa.

No acumulado dos cinco primeiros meses do ano de 2022, ou seja, de janeiro a maio, a indústria brasileira foi responsável pela 58,4 mil caminhões, leve queda de 2,8% em relação ao acumulado do mesmo período de 2021, quando 60,1 mil exemplares foram montados.

Confira na íntegra os números da ANFAVEA: CLIQUE AQUI

Caminhões e Carretas

Postar um comentário

0 Comentários