Empresários de transporte de Foz do Iguaçu inauguram núcleo de desenvolvimento de líderes

Rufatto Transportes/Divulgação

Formação de novas lideranças jovens, impulsionamento de empresas e elevação do nível do setor de transporte rodoviário de cargas na região são os principais focos do núcleo

Google News
O setor empresarial é um dos grandes responsáveis pelo desenvolvimento econômico de um país. No Brasil, onde segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística IBGE) 90% das empresas possuem perfil familiar, o segmento representa cerca de 65% do Produto Interno Bruto (PIB) e é responsável por empregar 75% da mão de obra. Além disso, de acordo com a 4ª edição da pesquisa Retratos de Família: Um panorama das práticas de governança corporativa e perspectivas das empresas familiares brasileiras, conduzida pelo ACI Institute e Board Leadership Center da KPMG no Brasil, 33% dessas empresas possuem têm entre 21 e 40 anos de existência, 30% possuem de 41 a 70 anos e 21% têm mais de 70 anos.

No setor de transporte rodoviário de cargas, responsável por movimentar mais de 65% de tudo aquilo que é produzido no Brasil, o cenário é muito parecido. Por esse motivo, as empresas precisam se preparar para a mudança de geração, capacitando os jovens empresários para o plano de sucessão familiar sem que a qualidade dos serviços e o relacionamento com clientes sejam afetados.
 
Para auxiliar esse cenário, empresários do setor de transporte criaram, em 2009, a Comissão de Jovens Empresário e Executivos da NTC&Logística (COMJOVEM). Os principais objetivos do grupo são preparar as futuras lideranças do setor e atuar como uma conexão entre o jovem empresário com as entidades, empresas e sociedade, gerando valor, integração e atuação sustentável para o transporte rodoviário de cargas como um todo. O projeto conta com 21 núcleos em nove estados do Brasil, incluindo Bahia, Belém, Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre, Rio de Janeiro, Santa Catarina e São Paulo. Além disso, há mais de 480 integrantes e 400 empresas de transporte integradas.


Atualmente a Comissão está inaugurando um novo núcleo em Foz do Iguaçu, que será liderado por André Rufatto, sócio administrador da Rufatto Transportes, ao lado de outros jovens empresários da unidade. Para o executivo, apesar de recente, o núcleo já está movimentando os jovens de Foz para fazer a diferença nos arredores do setor pela região. “Ainda estamos discutindo de que forma podemos contribuir para aprimorar ainda mais o setor na cidade, porém estamos visitando empresas, trocando experiências e buscando diversas referências da área para achar o melhor caminho”, explica Rufatto.

A comissão vem fazendo um papel muito importante no desenvolvimento de jovens empresários ao redor do país. Diversas lideranças, como o coordenador nacional da COMJOVEM, André de Simone, e a vice-coordenadora nacional do núcleo, Joyce Bessa, citam suas experiências: fazer parte deste projeto mudou suas visões e os ajudou a enxergar o setor de forma mais ampla. Hoje, como líderes, possuem o foco de promover a eficiência e a integração com novas práticas e tecnologias que auxiliarão os jovens empresários nas suas respectivas empresas.

André Rufatto descreve o sentimento de estar inserido nessa atividade e o impacto desse núcleo para elevar o patamar empresarial da região. “Me sinto realizado em poder fazer parte disso; contribuir para a melhoria desta cidade é algo extremamente especial, e espero que traga mais união entre o nosso setor. A ideia é que as principais empresas de Foz se tornem mais competitivas e tecnológicas, assim aumentando o nível de conhecimento dos profissionais. Com isso, superaremos juntos e de maneira mais efetiva os problemas específicos da nossa realidade do transporte rodoviário de cargas”, afirma o empresário.


Essa linha de raciocínio adotada pelas lideranças do grupo de Foz do Iguaçu é a base da COMJOVEM Nacional. Visando auxiliar os jovens empresários a desenvolverem um bom trabalho em seus cargos, a COMJOVEM Nacional tem como foco protagonizar as transformações do setor de transporte e logística com excelência, transparência e representatividade, além de contribuir com valores como ética, união, gratidão e espírito inovador.

Devido a isso, André ressalta as expectativas do novo núcleo da região do oeste paranaense: “Espero que se formem novas lideranças jovens que possam impulsionar suas empresas e com isso elevarmos o nível do setor na região”.

Para finalizar, o coordenador convida todos os jovens que desejam se tornar membros do núcleo e como fazer isso. “Existem alguns requisitos para quem quer ser um membro da COMJOVEM, como por exemplo ser um executivo ou empresário do setor de transportes. Se encaixando no perfil, é só entrar em contato com qualquer membro atual ou com o SINDIFOZ e demonstrar o interesse em participar”.

FONTE: Divulgação

Postar um comentário

0 Comentários