Petrobras anuncia aumento de R$ 0,40 no preço do diesel

iStock

Terceiro reajuste no ano de 2022 entrará em vigor nesta terça-feira (10); alta é justificada pela necessidade de se acompanhar os preços de mercado

Google News
Após 60 consecutivos sem aumento de preços, a Petrobras anunciou nesta segunda-feira, 9 de maio, um novo aumento significativo no preço do óleo diesel. O reajuste será o terceiro colocado em prática no ano de 2022.

De acordo com a petroleira, à 0h desta terça-feira, 10 de maio, entrará em vigor um aumento médio de 8,87% no preço do óleo diesel, cerca de R$ 0,40 por litro, passando de R$ 4,51 para R$ 4,91 nas refinarias de todo o país.

Segundo a Petrobras, o novo aumento é justificado pela necessidade de se acompanhar os preços de mercado, diretamente impactados pela baixa oferta frente a alta demanda. "Nesse momento, o balanço global de diesel está impactado por uma redução da oferta frente à demanda. Os estoques globais estão reduzidos e abaixo das mínimas sazonais dos últimos cinco anos nas principais regiões supridoras", destaca a petroleira. "Esse desequilíbrio resultou na elevação dos preços de diesel no mundo inteiro, com a valorização deste combustível muito acima da valorização do petróleo. A diferença entre o preço do diesel e o preço do petróleo nunca esteve tão alta", completa.


Gasolina
De acordo com a Petrobras, o preço da gasolina nas refinarias não sofrerá reajustes nesta terça-feira (10).

Preço nas bombas
A decisão de elevar ou não o preço do óleo diesel e da gasolina nas bombas, após o novo reajuste promovido pela Petrobras, dependerá de repasses feitos por outros integrantes da cadeia de petróleo, especialmente distribuidoras e postos de combustíveis, já que a lei brasileira garante liberdade de preços no mercado de combustíveis e derivados.

Ainda segundo a Petrobras, "considerando a mistura obrigatória de 90% de diesel A e 10% de biodiesel para a composição do diesel comercializado nos postos, a parcela da Petrobras no preço ao consumidor passará de R$ 4,06, em média, para R$ 4,42 a cada litro vendido na bomba. Uma variação de R$ 0,36 por litro".


Postar um comentário

0 Comentários