Geração 8 Marcopolo impulsiona venda de ônibus DD no Brasil

Marcopolo/Divulgação

50% dos ônibus Double Decker produzidos hoje pela Marcopolo são destinados às operadoras do transporte rodoviário brasileiro de passageiros

Google News
A Geração 8 de ônibus rodoviários da Marcopolo está transformando o mercado do transporte rodoviário de passageiros no Brasil, prova disso é o crescimento significativo e consistente das vendas de modelos Double Decker (DD). No passado, apenas 10% dos DDs produzidos pela empresa destinavam-se ao mercado brasileiro. Agora, mais de 50% tem como destino às operadores nacionais.

Mesmo antes do lançamento da Geração 8, já víamos esse movimento de mercado e tínhamos a expectativa de uma procura forte por DDs mais sofisticados, mas está se mostrando ainda mais positiva”, salienta Ricardo Portolan, diretor de Operações Comerciais MI e Marketing da Marcopolo. “Desde o lançamento da G8, a maioria dos pedidos é pelo modelo 1800 DD, o que representa uma mudança no comportamento dos clientes que antes compravam mais o modelo Paradiso 1200”, explica.


Da produção da Marcopolo de ônibus rodoviários em 2021, o modelo Double Decker representou mais de 50% do volume. E desse volume, quando consideramos apenas a Geração 8, a participação do modelo é mais expressiva, superando 70% das vendas”, enfatiza Portolan.

Segundo o executivo, a mudança no comportamento dos operadores é um importante sinal de que o transporte rodoviário está em plena transformação para oferecer cada vez mais segurança, conforto e comodidade para atrair mais usuários, inclusive os que optavam pelo transporte aéreo. “Para viagens de médias distâncias, como São Paulo-Rio de Janeiro ou mesmo São Paulo-Belo Horizonte, muitas pessoas estão preferindo o ônibus, pelo conforto e praticidade, o que tem feito com que os operadores intensifiquem a aquisição de DDs, com poltronas leito e diferentes classes de serviço”.


Ao longo dos anos, a Marcopolo vem dedicando uma atenção especial à evolução do transporte rodoviário e à mudança no perfil dos passageiros, focando no desenvolvimento de produtos, soluções e até serviços que tornem a experiência de todos muito melhor. Do passageiro ao operador, passando pelo motorista, mecânicos e demais profissionais envolvidos em toda a cadeia produtiva.

Hoje, a Geração 8 da Marcopolo reúne inovação, tecnologia e foi desenvolvida com base nos pilares, operadores, passageiros, profissionais do setor e órgãos gestores, para atender e superar a exigências do transporte de passageiros. Somente com o desenvolvimento de produtos cada vez mais sob medida para as necessidades de todos esses públicos, o transporte rodoviário conseguirá conquistar e reter novos usuários.


O resultado de todo este estudo pode ser comprovado já no momento do embarque nos novos ônibus. Desde a escada de acesso, cada detalhe favorece o acolhimento e “convida” o passageiro a entrar e desfrutar de uma nova experiência de viagem. Os novos G8 receberam um novo projeto de escada mais larga, com degraus amplos, suaves, luz indireta em LED e um novo desenho do sistema de abertura da porta, mais eficiente e robusto. Todos os revestimentos internos, inclusive os pega-mãos, teto e laterais, são revestidos com material “easy clean”, facilitando a higienização e proporcionando ganho de tempo nas paradas, e produzidos com tecido antimicrobiano (item de série em todos os modelos Marcopolo).

Ônibus DD conquistam o segmento de turismo
Segundo a Marcopolo, a escolha pelos ônibus Double Decker não se restringe apenas às linhas interestaduais ou internacionais. As operadoras de turismo de todo o País também estão apostando nos modelos DDs, graças a sofisticação e aos diferenciais que oferecem aos passageiros. “Os DDs atendem de maneira diferenciada todos os segmentos, com mais espaço e conforto para o turista e mais eficiência e rentabilidade para o transportador”, afirma Portolan.


Postar um comentário

0 Comentários