Fretebras Superior

Petrobras defende aumento nos preços dos combustíveis para evitar desabastecimento

Getty Images

Por meio de nota, petroleira justificou a necessidade dos reajustes expressivos e afirmou que “tem sensibilidade quanto aos impactos dos preços na sociedade”

Google News
Por meio de nota oficial, divulgada nesta sexta-feira, 18 de março, a Petrobras defendeu o reajuste de preços de combustíveis de acordo com o mercado internacional de petróleo. Segundo a petroleira, a prática é necessária para evitar riscos de desabastecimento e garantir que o mercado brasileiro continue sendo suprido por distribuidores, importadores e produtores.

No documento, a Petrobras também comentou os expressivos reajustes colocados em prática no dia 11 de março, sendo, 24,9% no preço diesel, 18% para a gasolina e 16% no gás de cozinha. De acordo com a estatal, a alteração se fez necessária devido à disparada dos preços internacionais, provocada principalmente pelo avanço da Rússia sobre a Ucrânia.


Ainda segundo a Petrobras, os reajustes foram colocados em prática apenas duas semanas após o início do conflito e refletiram apenas parte da elevação dos preços internacionais do petróleo, “que foram fortemente impactados pela oferta limitada frente a demanda mundial por energia”.

Por fim, a estatal afirmou ainda que “tem sensibilidade quanto aos impactos dos preços na sociedade e mantém monitoramento diário do mercado nesse momento desafiador e de alta volatilidade, não podendo antecipar decisões sobre manutenção ou ajustes de preços”.

Confira na íntegra a nota da Petrobras: CLIQUE AQUI

Caminhões e Carretas

Postar um comentário

0 Comentários