Gestão do transporte rodoviário de cargas: tecnologia e inovação caminham juntas

iStock
Google News 
De acordo com o último estudo da Fundação Dom Cabral, as empresas brasileiras gastam, em média, cerca de 12,37% de seu faturamento com despesas de logística. Sabemos que o Brasil é um dos países do mundo com maiores gastos nesta área, por diversos motivos, como os impasses em questões de infraestrutura e a dependência do modal rodoviário. Tudo isso deixa mais do que clara a importância de as organizações envolvidas buscarem alternativas viáveis e caminhos para a inovação, o que já vem acontecendo.

A transformação digital é uma realidade em toda a cadeia logística, e com o setor de gestão e pagamento de despesas para o mercado de transporte rodoviário de carga não é diferente. A busca por novas tecnologias e soluções é o que traz ganhos de eficiência e maior controle e as empresas que não buscam essa modernização tendem a desaparecer.


Somado a isso, desde o início da pandemia de Covid-19, muitas organizações do ramo vêm passando por dificuldades financeiras e é especialmente quando as empresas precisam cortar gastos e otimizar investimentos que elas mais necessitam de soluções inteligentes, que as ajudem a melhorar suas operações. Mas vale ressaltar que esses reflexos vão além de questões financeiras, pois a demanda por digitalização dos processos de gestão também foi acelerada.

Atualmente, já existem no mercado soluções que apoiam as transportadoras e os caminhoneiros autônomos com a gestão de despesas de transporte rodoviário de carga, a exemplo da possibilidade de antecipar recebíveis. Especialmente em casos em que é necessário o pagamento imediato de algum contrato, essa solução chega para oferecer maior liquidez para a empresa ou profissional autônomo e ajudá-los a manterem as contas em dia.

Em 2020, lançamos na Repom, marca da Edenred Brasil especializada em soluções de gestão e pagamento de despesas para o mercado de transporte rodoviário de carga, o serviço de Antecipação de Recebíveis, com taxas menores que as cobradas pelos bancos e destinada a transportadoras e caminhoneiros autônomos. Por meio da solução, os valores dos contratos são enviados para a conta do solicitante na mesma hora, sem análise de crédito.


Cabe destaque, ainda, a solução de Gestão de Vale-Pedágio da Repom, que teve um aumento de 24,2% em novos contratos em 2021, o que demonstra a busca das empresas do setor por soluções que se adequem à legislação vigente e possui tecnologia de integração simples, funcionando com o uso de tags ou cartões, que permitem menor interação com dinheiro, mais controle e redução de custos.

Estamos falando de soluções que digitalizam e modernizam o processo de transporte de ponta a ponta, com muitos benefícios, como ganho de tempo nos processos, aferição de informações e dados estratégicos, acompanhamentos gerenciais, dentre outros itens. São tecnologias que acompanham a evolução e a complexidade desse mercado, apoiando o segmento e as rotinas dos gestores de logística.

ARTIGO: Vinicios Fernandes é Diretor de Produtos e Desenvolvimento de Negócios da Repom, marca da Edenred Brasil que é líder em soluções de gestão e meios de pagamento de despesas para o transporte rodoviário de cargas.

Postar um comentário

0 Comentários