Produção de caminhões cresce 91% até outubro

IVECO/Divulgação

Alta na produção de caminhões é confirmada pelo balanço oficial da ANFAVEA

Superando os desafios impostos pelos gargalos logísticos, como por exemplo a escassez de semicondutores, a indústria brasileira de caminhões encerrou o mês de outubro registrando um crescimento expressivo no acumulado do ano.

De acordo com o balanço oficial da Associação Nacional dos Fabricantes de Autoveículos (ANFAVEA), 131,9 mil caminhões foram produzidos em todo o país de janeiro a outubro deste ano, crescimento de 91,2% em relação ao mesmo período de 2020, quando 69 mil unidades haviam sido montadas. 


Somente no mês de outubro, 13,6 mil caminhões foram produzidos em todo o país, leve recuo de 1,7% em relação ao mês anterior, setembro, quando foram montados 13,8 mil exemplares. A queda é justificada pelo menor número de dias úteis. Entretanto, em relação a outubro de 2020, quando a indústria foi responsável pela produção de 10,9 mil caminhões, o crescimento neste ano atingiu marca de 24,6%.

"Os esforços das áreas de Compras, Logística e Manufatura das montadoras merecem todos os elogios, mas infelizmente a demanda reprimida, somada ao tradicional aquecimento de fim de ano, poderá não ser atendida pela oferta", afirmou o presidente da ANFAVEA, Luiz Carlos Moraes.

Confira na íntegra o balanço da Anfavea: CLIQUE AQUI


Postar um comentário

0 Comentários