Petrobras anuncia mais um aumento de 9% no preço do óleo diesel

iStock

Reajuste de R$ 0,25 no litro do combustível entrará em a partir desta quarta-feira (29)

Conforme antecipado pelo Presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, neste final de semana, a Petrobras acaba de confirmar mais um aumento recorde no preço do óleo diesel nas refinarias de todo o país. Com a nova mudança, o combustível contará somente em 2021 com 12 alterações de preço, sendo, nove aumentos e três reduções.


De acordo com a petroleira, à 0h desta terça-feira, 26 de outubro, entrará em vigor um aumento médio de 9,15% no preço do óleo diesel, cerca de R$ 0,28 por litro, passando de R$ 3,06 para R$ 3,34 nas refinarias de todo o país.

"Esses ajustes são importantes para garantir que o mercado siga sendo suprido em bases econômicas e sem riscos de desabastecimento pelos diferentes atores responsáveis pelo atendimento às diversas regiões brasileiras: distribuidores, importadores e outros produtores, além da Petrobras", diz a estatal em nota.

O aumento significativo é justificado ainda pelo altas recordes nas cotações do barril de petróleo e do dólar. Na última semana, o preço do barril de petróleo Brent, usado como referência internacional, ficou acima dos US$ 85,53. Já o dólar, encerrou a última semana sendo cotado a R$ 5,62.


Gasolina
De acordo com a Petrobras, o preço da gasolina nas refinarias também sofrerá reajustes nesta terça-feira (26). O litro do combustível será elevado em 7,04%, cerca de R$ 0,21, passando de R$ 2,98 para R$ 3,19

Preço nas bombas
A decisão de elevar ou não o preço do óleo diesel e da gasolina nas bombas, após o novo reajuste promovido pela Petrobras, dependerá de repasses feitos por outros integrantes da cadeia de petróleo, especialmente distribuidoras e postos de combustíveis, já que a lei brasileira garante liberdade de preços no mercado de combustíveis e derivados.


Postar um comentário

0 Comentários