Scania promete apresentar linha de caminhões Euro 6 atualizada em novembro

Scania/Divulgação

Novos motores de 13 litros, atualização do portfólio de chassis e melhorias significativas na economia de combustível, estão entre as principais novidades que serão relevadas pela montadora sueca

Com o objetivo de ampliar o apoio na tomada de decisões da cartela de clientes, a Scania promete apresentar em novembro uma importante atualização da linha de caminhões Euro 6 no mercado europeu.

“Dada a situação com demanda recorde, escassez de semicondutores e a introdução de um novo produto em breve, decidimos colocar nossas cartas na mesa ”, diz Alexander Vlaskamp, ​​vice-presidente executivo e chefe de vendas e marketing da Scania. 

A Scania vem registrando ao longo de 2021 sucessivos recordes de vendas da nova geração de caminhões. “Mas estamos lutando contra a escassez de semicondutores, assim como o resto de nossa indústria. Isso resultou em longos prazos de entrega e, em alguns casos, atrasos nas entregas. Além disso, estamos nos preparando para nosso maior lançamento desde 2016. Nessa situação, decidimos que é justo dar aos clientes em potencial uma base melhor para a tomada de decisões ao considerar seu próximo caminhão Scania e seu tempo”, diz Vlaskamp.


Apesar de não revelar a data exata de apresentação das novidades, a Scania promete entregar melhorias significativas no consumo de combustível em comparação com a gama atual, bem como importantes mudanças na linha de chassis e novos motores de 13 litros. Também a partir de novembro, os clientes europeus da marca também já poderão registrar a partir dos concessionários os interesses de compra pelos novos produtos. 

“Continuaremos a educar nossa equipe de vendas durante o outono e nos certificaremos de que temos todas as ferramentas e informações disponíveis para o lançamento da nova linha de 13 litros em novembro”, diz Vlaskamp. “Estamos convencidos de que nossos clientes irão apreciar que eles estão tendo a oportunidade de escolher um grande caminhão da gama atual ou escolher os caminhões substancialmente atualizados que estão programados para iniciar a produção durante o segundo trimestre de 2022.”

Segundo a montadora sueca, a atualização da gama de motores vai de encontro com a posição de liderança na transição para um setor de transporte sustentável, além de total sintonia com o acordo de Paris. 


Postar um comentário

0 Comentários