PRF e DNIT fiscalizam mais de 400 caminhões em operação integrada na BR-364/RO

PRF/Divulgação

Ação integrada entre os dois órgãos teve como foco a fiscalização de pesos e dimensões de veículos que trafegavam pela rodovia entre os dias 18 e 22 de outubro

Equipes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) realizaram entre os dias 18 e 22 de outubro, a Operação Atlas, ação integrada que teve como foco a fiscalização de pesos e dimensões de veículos que trafegavam pela BR 364, em Rondônia.

De acordo com o balanço oficial dos dois órgãos, durante os cinco dias consecutivos de operação, 438 caminhões e 71 pessoas foram fiscalizadas, sendo, que, 57 veículos de carga foram flagrados circulando com excesso de peso que se somados, totalizaram, 140.462 kg.

Ainda segundo a PRF além das 57 autuações por excesso carga, outros 111 autos de infração foram lavrados por irregularidades diversas. 


Excesso de carga
Hoje o excesso de peso é considerado uma das infrações mais danosas à segurança do trânsito, pois além de diminuir a vida útil do pavimento, compromete a eficiência do sistema de freios e aumenta consideravelmente o risco de acidentes graves.

Atualmente o art. 231, inciso V do Código de Trânsito Brasileiro (CTB) considerada o excesso de peso uma infração gravíssima, punida com multa de R$ 191,54 aplicada a cada 500 kg ou fração de excesso de peso apurado acima dos 1.000 kg.


Postar um comentário

0 Comentários