IVECO A gente nao para

Em áudio, Bolsonaro pede para caminhoneiros encerrarem protestos em rodovias

Alan Santos/PR

Veracidade da gravação foi confirmada logo em seguida pelo próprio Ministro da Infraestrutura

Com objetivo de combater o avanço das manifestações de caminhoneiros nas rodovias federais de todo o país e evitar graves impactos na economia brasileira, o Presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, pediu por meio de um áudio, o encerramento das manifestações da categoria. A mensagem circula pelas redes sociais e aplicativos de trocas de mensagens. 


"Fala para os caminhoneiros aí, que são nossos aliados, mas esses bloqueios atrapalham a nossa economia. Isso provoca desabastecimento, inflação e prejudica todo mundo, em especial, os mais pobres. Então, dá um toque no caras aí, se for possível, para liberar, tá ok? Para a gente seguir a normalidade. Deixa com a gente em Brasília aqui e agora. Mas não é fácil negociar e conversar por aqui com autoridades. Não é fácil. Mas a gente vai fazer a nossa parte aqui e vamos buscar uma solução para isso, tá ok? E aproveita, em meu nome, dá um abraço em todos os caminhoneiros. Valeu", disse o presidente na gravação. Ouça na íntegra:



Logo após a grande repercussão da mensagem e dos inúmeros questionamentos sobre a autenticidade do pronunciamento, o Ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, se pronunciou em vídeo e confirmação a veracidade da gravação. 

"Nos grupos de caminhoneiros muitos estão questionando se um áudio que vazou do Presidente da República é real e se esse é atual, se esse áudio é de hoje. Bom, esse áudio é real, de hoje e mostra a preocupação do Presidente com a paralisação dos caminhoneiros", destacou o Ministro. 

Ao longo do pronunciamento, Freitas também destacou os impactos da continuidade das manifestações nas rodovias. "Essa paralisação iria agravar efeitos na economia, inflação e impactaria os mais pobres e os mais vulneráveis. Nós já temos hoje um efeito nos preços dos produtos em função da pandemia e a inflação tem uma componente internacional" ressaltou.

O Ministro da Infraestrutura ainda reforçou ao final do pronunciamento o pedido feito por Bolsonaro. "Então eu peço a todos que ouçam, escutem atentamente a palavra Presidente e que a gente tenha serenidade para pavimentar um futuro melhor. O Presidente mesmo fala no áudio que a solução do problema vai ser através do diálogo das autoridades. Então vamos confiar nesta condução, no diálogo e vamos em frente". concluiu.

Confira na íntegra o pronunciamento do Ministro:


Postar um comentário

0 Comentários