Estrela das Estradas


Casas Scania

IVECO A gente nao para

Bolsonaro afirma que preço do óleo diesel terá aumento "daqui a pouco"

Getty Images

Declaração foi dada durante encontro com apoiadores em Brasília; Presidente ressaltou ainda o aumento de preços no exterior e o peso do ICMS sobre os combustíveis

Nesta segunda-feira, 27 de setembro, o Presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, afirmou que os preços do óleo diesel terão em breve um novo aumento. O alerta foi dado durante conversa com apoiadores, na saída no Palácio da Alvorada. 

“Pessoal está insatisfeito? Está. Inclusive estamos há três meses sem reajustar o diesel. Vai ter um reajuste daqui a pouco. Não vai demorar. Agora, não posso fazer milagre”, afirmou Bolsonaro. O preço do óleo diesel foi elevado pela última vez no dia 5 de julho, data em que a Petrobras colocou em prática um reajuste médio de 3,7%, o equivalente a R$ 0,10 por litro.

"Eu não sou dono da Petrobras. Eu não posso falar: 'Não aumenta'. Nove instituições regulam a Petrobras. A última lei da paridade é de 2015, 2016. Subiu lá fora o petróleo, subiu o dólar aqui, aumento automático. É coisa que não tem como resolver a curto prazo esse negócio aí. Então, pessoal tá insatisfeito? Tá.", destacou.


Durante a conversa o Presidente da República lembrou ainda que alta nos preços dos combustíveis não é um problema apenas do Brasil. Os sucessivos reajustes vem ocorrendo em todo o mundo. Também nesta segunda-feira (28), o valor do barril de petróleo Brent ultrapassou a marca de US$ 80, pressionando ainda mais os preços dos combustíveis ao redor do mundo.

Bolsonaro lembrou ainda do peso significativo da cobrança de ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) pelos estados sobre os combustíveis. "Tem agregado a isso uma carga tributária imensa (...) O pesado é o imposto estadual que não tem um valor, tem um percentual em cima do bruto", afirmou. "Estamos a um tempão tentando resolver isso aí. Entrei com uma ação no Supremo, tem uns 40 dias. Estamos aguardando uma solução para definir esse valor do ICMS", completou. 

Confira na íntegra a declaração de Bolsonaro:



Postar um comentário

0 Comentários