Scania suspende produção de caminhões em duas fábricas na Europa

Scania/Divulgação

Interrupção da produção em duas plantas localizadas na Holanda, acontece após agravamento na falta de semicondutores

Dentre os inúmeros desafios impostos pela pandemia de Covid-19 (Coronavírus), a crescente falta de semicondutores vem se tornando o principal problema para a indústria automobilística mundial. Prova disso são os sucessivos atrasos e interrupções nas linhas de produção. 

Nesta semana, a interrupção das atividades industriais atingiu duas fábricas da Scania na Europa. Até o fim de julho, as unidades localizadas nas cidades de Meppel e Zwolle, na Holanda, permanecerão com a produção suspensa. A informação foi confirmada por um porta-voz da montadora sueca. 

"Esperamos ter os estoques em ordem em agosto.", afirmou. A escassez de semicondutores não afeta apenas a produção europeia da Scania, mas também todas as outras plantas da montadora ao redor do mundo. Além da interrupção da produção, a falta de insumos também acarreta atrasos nas entregas e elevação de preços. 




Postar um comentário

0 Comentários