TransMilenio adquire 562 ônibus biarticulados Scania equipados com transmissões automáticas Allison

Allison/Divulgação

Novos ônibus biarticulados a gás natural da Scania atendem ao padrão de emissões Euro VI, o mais avançado do mundo, o que reduz significativamente as emissões poluentes

Considerado o maior BRT (Bus Rapid Transit) do mundo, o Sistema Integrado de Transporte Coletivo (SITP) TransMilenio, de Bogotá, Colômbia, concluiu as fases 1 e 2 do plano de renovação de frota, com a entrada em operação da nova frota de 562 biarticulados Scania F340HA 8x2 CNG Euro VI com transmissões totalmente automáticas Allison.

Equipados com transmissões Allison, os modelos F340HA conta com 27 metros de comprimento e constituem a maior frota de ônibus biarticulados CNG Euro VI do mundo. O negócio se concretiza ainda como a maior venda de chassis realizada pela Scania do Brasil que serão encarroçados por empresas colombianas.

Com capacidade para até 250 passageiros, os novos biarticulados são equipados com transmissões totalmente automáticas Allison B516R de última geração, que acopladas ao motor Scania O9 CNG Euro VI garantem uma redução de material particulado (PM) e óxido de nitrogênio (NOx) de mais de 95%, e de 20% nas emissões de dióxido de carbono (CO2), quando comparados com os ônibus que atualmente circulam na cidade com tecnologia Euro V ou inferior.


“A transmissão automática da Allison traz muitos benefícios aos veículos. Em primeiro lugar, facilita a condução, uma vez que as mudanças de marchas são feitas dentro das faixas adequadas de rotações do motor, evitando o excesso de giros ou rotações inferiores às da faixa de maior eficiência. Além disso, permite que o motorista mantenha as duas mãos no volante, melhora as suas condições ergonômicas e aumenta sua segurança e a dos passageiros. Elas também colaboram para a redução do estresse, da pressão arterial e dos batimentos cardíacos do motorista, evitando inatividade por enfermidade”, comentou Jhonny Pineda, da empresa Capital Bus.

A transmissão Allison B516R traz como diferencial um retardador incorporado, o que garante desacelerações suaves reduzindo o desgaste do sistema de freio e as consequentes reparações. Além disso, por ser uma transmissão automática não possui embreagem, o que elimina custos e o tempo de inatividade do veículo para manutenção.
Allison/Divulgação

Postar um comentário

0 Comentários