Publicidade

Manlog Transportes investirá em veículos elétricos para garantir mobilidade compartilhada entre colaboradores

Manlog/Divulgação
O projeto conta com a parceria da JAC Motors, pioneira na fabricação de veículos elétricos no Brasil. A Manlog vem estreitando laços com a montadora desde dezembro passado, quando adquiriu seus primeiros caminhões 100% elétricos.  

Para rodar com eficácia, o projeto mapeou a cidade de Goiânia por mesorregiões a partir da residência de cada colaborador. E com esses dados em mãos, a Manlog vai adquirir uma quantidade proporcional de veículos 100% elétricos que atenda a todos.

“Vai me ajudar muito. Hoje a minha despesa com carro é altíssima. Vou poder vendê-lo e investir o dinheiro em outra coisa. Além de tudo, será mais tranquilo vir trabalhar sem ter que enfrentar o estresse do trânsito.” 

A Ariane é uma das colaboradoras que já vislumbra os benefícios do projeto que, para cumprir seu papel social, também pretende empregar apenas motoristas aposentados. Outra novidade é poder estender o “benefício” aos familiares caso precisem se locomover pela cidade. 


“Nosso trabalho é promover uma estratégia logística que entregue cargas com pontualidade e segurança aos nossos clientes, e se somos bons nisso, por que não utilizar ao nosso favor? Precisamos promover qualidade de vida para as pessoas, pois impactamos e interferimos diretamente na vida delas. Buscar em casa, levar daqui para a faculdade ou para o médico, são cuidados básicos. Já que a mobilidade nas grandes cidades está cada vez mais comprometida, nós temos que oferecer esse tipo de benefício se quisermos a entrega e a dedicação das pessoas.”

A fala de Thiago Suzin, CEO da Manlog, acompanha as ações sustentáveis que vêm sendo praticadas pela transportadora, que possui uma frota limpa e certificada pelo Programa DESPOLUIR e que, ainda este ano, irá plantar cerca de 3 mil mudas de árvores para reflorestar áreas degradadas do cerrado. 

O projeto arrojado acompanha o movimento de uma das empresas mais promissoras e inovadoras do segmento, que injetou mais de R$ 60 milhões em novos veículos e soluções tecnológicas sustentáveis nos últimos meses. 


Postar um comentário

0 Comentários